Novo Centro Industrial já atrai investidores

Jorge Guimarães 

O mês de maio começou com um certo alívio para a economia local. O prefeito Galileu Machado (MDB) anunciou a abertura dos envelopes do processo licitatório para o encabeçamento do viaduto do Complexo da Ferradura, marcada para a próxima quinta-feira, 21, às 9h, nas dependências do Centro Administrativo. A previsão é de que as obras comecem já no próximo mês e  que, no segundo semestre, a cidade tenha um importante acesso rodoviário ligando a região Sudeste ao novo Centro Industrial, Distrito Industrial, Bairro Icaraí e MG-050.

— Esta ligação permitirá uma nova etapa no desenvolvimento para nossa cidade. Além de encurtar os caminhos e ser parte fundamental no projeto que temos da conclusão do anel rodoviário de Divinópolis, permitirá a implementação de um novo Centro Industrial. Trata-se de um projeto arrojado e dentro das necessidades atuais do mercado, que hoje está interrompido porque a área onde será instalado precisa do acesso desse viaduto — frisou Galileu Machado, durante visita ao local.

Centro Industrial 

O novo Centro Industrial, a ser consolidado, fica em uma área de um milhão trinta e cinco mil metros quadrados e já tem demarcados, em seu projeto, todos os lotes com suas respectivas medidas, como também ruas, avenidas e rotatórias. Com toda a sua documentação registrada, o empreendimento já vem despertando o interesse entre vários empresários da cidade, região e também de fora, sendo que, segundo levantou a reportagem, de 90 a 100 empresas já se mostraram interessadas a iniciar negociações para se instalarem no espaço.  

Ligação 

A partir do Complexo da Ferradura, a ligação dará acesso até a estrada de Carmo do Cajuru, próximo ao aterro controlado. O trecho já está pavimentado. De acordo com o prefeito, o Município ajustou uma permuta com o Estado para a construção de um trevo no local.                 

— Permutamos um terreno com o Governo Estadual, uma área na região do bairro Lagoa dos Mandarins, que será usada para a duplicação da MG-050. Em troca, receberemos os R$ 2,2 milhões necessários para se fazer essa obra — disse.

Comentários
×