Novas mudanças são cogitadas no jornalismo da Globo

Flávio Ricco 

Quase um ano depois de Maria Júlia Coutinho assumir a apresentação do “Hoje”, o anúncio da aposentadoria de Sérgio Chapelin e passagem de Sandra Annenberg para o “Globo Repórter”, novas mudanças poderão ser anunciadas na apresentação do jornalismo na Globo.

São muito fortes os comentários nas redações do Rio e São Paulo de que Rodrigo Bocardi, muito em breve, será deslocado para o Rio a fim de formar com Ana Paula Araújo a bancada titular do “Bom Dia Brasil”.

Assim como a efetivação de Márcio Gomes no “SP 2”, cargo que ele vem ocupando provisoriamente desde o fim de maio ou a partir do instante em que o “Combate ao Coronavírus” deixou de ser levado ao ar.

São decisões que, segundo essas mesmas fontes, serão oficializadas no decorrer dos próximos tempos, assim como as novas funções de Carlos Tramontina e Chico Pinheiro, atualmente afastados da rotina diária por pertencerem ao grupo de risco da covid-19.

Operação

A decisão Flamengo e Fluminense, amanhã, deve ter narração de Téo José nos estúdios do SBT, em São Paulo.

Fazer do estádio do Maracanã, sem maior apoio ou ter alguém de stand-by, entende-se, será um risco.

 

A propósito

 

No fim de semana passado, foi observado que em quase todos os jogos exibidos na ESPN e Fox Sports tivemos narração de rádio na televisão. Pessoal falando sem parar e insistindo em colocar emoção onde não existe.

Uma incoerência. Em quase tudo se repetiu o que a imagem mostrou com absoluta clareza.

Convém salientar

Existem boas exceções ao “quase todos” da nota anterior. Paulo Andrade, por exemplo, é uma delas. Tem classe e o “time” da transmissão, além de um estilo próprio.

Hoje, com tantas câmeras e tantos recursos, é necessária uma narração mais adequada e menos redundante.

Determinação

Na volta dos campeonatos estaduais, principalmente o Paulista, a Globo decidiu que não vai escalar os que estiverem em grupos de risco. Nem em off tube.

Assim, Galvão Bueno, Milton Leite, Jota Júnior, Júnior e PC Vasconcellos, entre os principais, só devem ser escalados no Campeonato Brasileiro. Ou até mais pra frente.

Retorno próximo 

Carlos Nascimento completa, nesta quinta, 16, três meses longe do “SBT Brasil”, afastado por pertencer ao grupo de risco.

“Tenho conversado com o José Occhiuso, diretor de Jornalismo e combinamos que ele dirá o momento de voltar. Não sei se farei trabalho remoto, pois o retorno me parece próximo”, declara Nascimento.

Pendência

Depois de dispensar praticamente toda a equipe do “Aqui na Band”, contratar Mariana Godoy e Zeca Camargo, e preparar a estreia de um outro programa, a direção da Band também se volta para outras questões.

Entre as principais, reativar os serviços do Kantar-Ibope, cujo pagamento foi suspenso no início de maio.         

Bate – Rebate

 

  •       Além do “Domingo Espetacular”, o “Câmera Record” está com nova identidade visual...
  •       ...E sobre o “DE”, outros ajustes ainda serão realizados no programa, a partir das suas próximas edições.
  •       Walcyr Carrasco está bem aborrecido com as notícias que têm saído de “Verdades Secretas 2”...
  •     ...A maioria, segundo ele, não corresponde. São “invenções”.
  •       Direto da casa dela, na sexta-feira, 17, on-line, Irene Ravache vai apresentar a peça “Alma Despejada”, às 21h30.
  •       ·       ...Mas tudo será feito com muito cuidado e  segurança.
  •       Edu Guedes já está novamente ao vivo, às segundas e terças-feiras, na Rede TV!.



Então é isso. Tchau!

Comentários
×