No sufoco, Argentina vence e segue viva na Copa da Rússia

José Carlos de Oliveira

A terça-feira foi de decisão na Rússia, com a definição de mais dois confrontos das oitavas de final da Copa do Mundo. Foram decididos os grupos C, pela manhã, e o D, na parte da tarde.

Com os resultados dos dois confrontos, as quatro partidas do final de semana na Rússia já estão definidas.

No sábado acontecem dois duelos com a presença de seleções sul-americanas. Às 11h, na Arena Kazan, a Argentina joga com a França. À tarde, às 15h, em Sochi, se enfrentam Uruguai e Portugal.

No domingo pela manhã, em Moscou, às 11h, na Arena Lujniki, os donos da casa jogam contra a Espanha. Às 15h, na Arena Nizhny Nocgorod, se enfrentam Croácia e Dinamarca.

Argentina passa sufoco

Foi com um gol nos minutos finais da partida que a Argentina assegurou sua classificação para a segunda fase da Copa da Rússia. Na tarde desta terça-feira, em São Peterburgo, os argentinos ficaram bem perto de voltar para casa.

No início do duelo contra a Nigéria, Messi colocou a Argentina em vantagem, dando a impressão de que o time finalmente havia encontrado seu caminho na Copa. Mas o gol de empate de Moses, em cobrança de pênalti duvidoso, só confirmado pelo VAR no início da segunda etapa, levou drama para os torcedores argentinos. O gol salvador foi marcado já aos 41 minutos do segundo, pelo lateral Rojo.

A classificação da Argentina só foi confirmada porque no outro duelo do Grupo D, em Rostov, a Croácia derrotou a Islândia por 2 a 1 e avançou para as oitavas de final com 100% de aproveitamento, três vitórias em três jogos na competição.

Comentários
×