Na mídia

Marco Aurélio Braga 

Matéria do jornalista Felipe Mendes publicada na seção “Economia” da Veja relata: “Funcionários da rede Ricardo Eletro estão assustados. Gerentes de diversas unidades localizadas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste comunicaram seus times de venda que suas lojas terão as atividades suspensas temporariamente num futuro próximo. Uma fonte ligada à “Máquina de Vendas”, holding que administra a varejista, confirma a situação.

Serão ao menos 200 lojas desativadas nos próximos meses. Só em agosto mais de 100 unidades terão suas portas fechadas. Nas redes sociais, trabalhadores desligados nos últimos meses reclamam que a companhia não tem cumprido com o prazo dos pagamentos rescisórios. A situação é de apreensão na empresa. Com mais de 70% de sua receita corroída devido às medidas de distanciamento social adotadas para conter a disseminação do novo coronavírus, a Ricardo Eletro se prepara para entrar com um pedido de recuperação judicial no valor de R$ 3 bilhões na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, no Foro Central Cível de São Paulo.

A informação foi antecipada pela Veja. Ainda se discute com advogados, no entanto, quem serão os principais credores, que vão fomentar o capital de giro de curto prazo após o pedido. Uma das consternações da Ricardo Eletro hoje é a dificuldade de ter acesso a crédito junto a bancos. Tamanho entrevero com instituições financeiras pode ser explicado pelo fato de a empresa ser acusada de sonegação de cerca de R$ 400 milhões à Receita Federal ao longo da última década”.

Feiras livres

Uma reunião na Prefeitura de Divinópolis definiu os protocolos de retomada das feiras livres. Durante o encontro foi reafirmado o compromisso da Administração com produtores locais, obedecendo todos os cuidados no enfrentamento da covid-19. Para isso, serão estabelecidas normas da Vigilância Sanitária, principalmente em relação à instalação de pias para que feirantes e compradores possam lavar as mãos. A retomada será feita inicialmente pelo bairro Esplanada, a partir deste sábado, 25. 

Será fundamental a observação de critérios de distanciamento entre as pessoas e o uso de máscaras. Entre os feirantes já ficou ajustada a distância mínima de três metros entre cada barraca. A feira do Esplanada será um piloto para as demais. Somente a partir de todos os ajustes, é que a abertura das demais feiras será analisada. Além do Esplanada, há feiras nos bairros Niterói, Interlagos, Serra Verde, Icaraí, Planalto e Porto Velho, e feirinha na Praça do Santuário e no Lago das Roseiras.

Desinfecção

A Comarca de Divinópolis recebeu, na última semana, a segunda desinfecção em todos os setores do Fórum Manoel Gonçalves. O trabalho foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa). Neste período de pandemia, dos 161 servidores, 80 continuam trabalhando presencialmente, assim como 35 dos 65 funcionários terceirizados, além dos 15 magistrados da comarca. Eles cumprem um expediente das 11 às 17h. Para deixar o ambiente livre do risco de contaminação pelo novo coronavírus, o serviço de desinfecção de todas as dependências do prédio foi solicitado pelo juiz da 1ª Vara de Família, José Antônio Maciel. Essa foi a segunda vez que o serviço foi realizado no Fórum. A primeira desinfecção aconteceu no início de maio deste ano.

Live

A Escola do Legislativo Dr. Deusdedith Afonso Carrilho, da Câmara de Divinópolis, realizará no dia 6 de agosto, às 18h, a live "A importância do Jovem na construção de um novo Brasil". O evento será de forma remota, por meio do canal do Youtube, e será ministrado por dois estudiosos do tema, Eli Antônio da Silva e Anderson Andrade.  Saiba mais: https://bit.ly/2OJYgL8

Cestas básicas

A Subseção de Divinópolis da Justiça Federal realiza, desde abril, uma campanha para comprar cestas básicas, contendo alimentos não perecíveis e materiais de limpeza, para ajudar famílias vulneráveis durante a pandemia do coronavírus. Todo mês, os servidores e magistrados fazem uma doação de R$ 50. O valor total arrecadado é convertido em cestas básicas, que são entregues a entidades conveniadas com a Prefeitura e distribuídas para as famílias cadastradas. Neste mês, além da campanha de cestas básicas, os servidores fizeram doações de agasalhos e brinquedos.

Projeto

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), implantou o projeto "Conectado com a Cultura". O quadro é apresentado dentro do programa “Conectados Com a Escola”, que consiste na transmissão de teleaulas para alunos da rede municipal de ensino durante a suspensão das aulas presenciais. A primeira exibição do programa foi veiculada no último dia 17, com uma aula de cinema. O tema foi o documentário “Santa Terra Morro da Gurita”, com o professor Rômulo Corrêa. Já o assunto “Música” foi abordado no quadro “Possibilidades do saxofone”, apresentado por Vagner Alexandre Evaristo. O programa “Conectado com a Cultura” é exibido pela TV Candidés, canal 13 e site (http://www.candides.com). As aulas também estão disponíveis pelo canal do Centro de Referência dos Profissionais da Educação (CRPE) na plataforma YouTube (https://bit.ly/3fE9sEM).

 

Comentários
×