Música gospel

João Carlos Ramos 

O rock and roll (rolando pedras, em português) é o ritmo musical criado na década de 60, amplamente divulgado por Elvis Presley, intitulado rei e precursor do estilo, apesar de outros o terem antecedido, mas sem o mesmo sucesso. 

Já havia, nos Estados Unidos, o jazz, que dominava a sociedade da área urbana, e o country, na área rural.

Sabendo disso, resolveram fazer a junção entre os dois ritmos musicais, criando um terceiro, com o intuito de conquistar os dois públicos. O sucesso foi total e os grandes capitalistas começaram a investir na nova e lucrativa onda musical, cuja trindade era composta por: sexo, drogas e rock and roll.

 Enquanto isso, no Brasil, criaram a imitação do rock, chamado iê-iê-iê, no qual a estrela da vez foi personificada por Roberto Carlos, que recebeu o título de "rei da música popular brasileira".  Em relação à evangélica brasileira aconteceu a mesma coisa: acasalaram a música "profana" com a música sacra ou evangélica de raiz, e o resultado foi a canção gospel (gospel: santa em português). O resultado foi também um sucesso no mundo empresarial, unindo públicos distintos do mundo protestante: a saber, tradicionais, pentecostais e neopentecostais. Abrindo um parêntesis, tal ato foi o mesmo praticado por Belsazar, filho do rei Nabucodonosor, que promoveu um banquete para "Mil de seus grandes”.

Neste banquete, totalmente embriagado e possuído pelas potências  do tártaro, ordenou aos seus soldados que trouxessem os vasos que eram utensílios do templo de Deus para os usarem no referido banquete, como desafio ao Deus de Daniel. Vasos santos que eram cantores, genuinamente evangélicos, foram trazidos pelo império da mídia, envolta em política e religião, para o sucesso mundano. Criaram, ao mesmo tempo, o termo "evangélicos", para denominar todos os crentes, integrantes dessa nova ordem mundial religiosa. Surgiram inúmeros sites, blogs e toda a parafernália digital na palma da mão, por meio dos celulares de última geração. Temos hoje uma música híbrida, cantada pelos descendentes de Caim que, como seu pai, procuram belezas para atrair e enganar a todos que não possuem seus livros escritos no livro da vida do cordeiro. O ecumenismo está sendo treinado, por meio da música e da política, para em breve exigirem a união religiosa de todos para o cumprimento de Apocalipse 13 em sua totalidade. Por outro lado, Abel oferece a Deus hinos sacros, sabendo que somente neles há sangue que é a vida de Deus.

Há uma guerra entre Elias e os profetas de Baal, novamente no monte Carmelo. A música gospel será passada ao fio da espada pelo espírito de Elias. 

Que Deus vos ilumine!

jocarramos@gmail.com

Comentários
×