Música com amor!

Renata Rachid 

Um grupo de cantores do Rio de Janeiro se reuniu para levar, pelo celular, música a lares com pessoas da terceira idade.

Instituições e asilos fazem uma lista com as canções preferidas de cada idoso.

Os artistas gravam um vídeo cantando a música, oferecendo a quem fez o pedido, e o material é enviado diretamente para o idoso.

Achei a ideia sensacional e gostaria de contar com o apoio dos nossos artistas locais para replicarmos esse projeto.

As visitas às casas de repouso de nossa Divinópolis ainda estão suspensas, e levar carinho em forma de música para esses idosos será uma iniciativa incrível. O grupo “Vamos Dar as Mãos” já se prontificou para fazer essa ponte entre as instituições e os artistas.

Para participar, basta entrar em contato pelo Instagram @grupovamosdarasmaos.

Venha com a gente!

Beijos de luz!

Faça você mesmo 

O artesanato com corda é uma excelente alternativa para decorar com estilo. Com um simples pedaço de corda é possível criar e, até mesmo, reaproveitar peças que você já tem em casa.

Minha sugestão de hoje é o sousplat de corda!

Fazer um sousplat de corda é bem fácil. Basta ir enrolando um pedaço em forma de espiral e colando as partes entre si. Você mesmo decidirá o tamanho da peça. É muito fácil e fica lindo!

Vamos de bike?

Optar pela bicicleta, em vez do carro ou transporte público, tem sido uma tendência global. Simples, prática e eficiente, a bicicleta é um meio de transporte secular,  utilizado por milhões de pessoas a cada dia, seja por lazer, trabalho ou atividade física.

Devido à crise sanitária internacional, a bicicleta tem um papel ainda mais inspirador no cenário pós-pandemia.

Como medida de prevenção à covid-19, alguns países têm incentivado a população a fazer os deslocamentos diários por meio da bicicleta.

Na França, por exemplo, as autoridades locais criaram um fundo de 20 milhões de euros. Este montante inclui um incentivo para que haja manutenção de bicicletas usadas.

Além de ser sustentável, quando se pedala, você trabalha todo o seu corpo, físico e mental. São vários os benefícios trazidos pela prática, tais como: fortalecimento da musculatura; melhora do condicionamento físico; diminuição do risco de patologias.

Pedalar é, também, um poderoso antiestresse e pode trazer novas amizades.

E aí?

Se convenceu?

Vamos de bike?

Parada on-line

Neste ano, as paradas que celebram o Dia do Orgulho LGBTQI+ no Brasil e no mundo foram virtuais.

Mais de 50 anos depois que a Revolta de Stonewall tomou ruas de Nova York, pedindo o fim da violência policial contra LGBTQI+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis, queers e intersexuais), a celebração do Dia do Orgulho LGBTQI+, comemorado no último domingo, 28, foi realizada pelas plataformas digitais em razão da necessidade de distanciamento físico face à pandemia da covid-19.

No Brasil, mais de 30 associações promoveram o Festival de Cultura e Parada On-line do Orgulho LGBTQI+ Brasil.

O evento foi um sucesso, muito acompanhado e apoiado nas redes sociais.

Na minha opinião, respeitar as escolhas e o modo de vida de cada um é o que faz do mundo um lugar melhor.

Toda forma de amor vale a pena!

Receitinha

Nesse friozinho, aqueça-se saboreando essa receita de fondue de queijo, servido dentro do pão italiano. Além de fácil, é chique. O fondue se mantém cremoso e quentinho. Uma combinação perfeita para tornar qualquer momento mais aconchegante!

Ingredientes:

 .1 unidade de pão italiano redondo;

.200 gramas de gorgonzola;

.200 gramas de muçarela;

.1 copo de requeijão cremoso;

.½ caixa de creme de leite (sem soro);

.Pimenta do reino (opcional).

Modo de preparo:

.Corte a tampa do pão e retire o miolo;

.Misture todos os ingredientes e coloque dentro do pão;

.Embrulhe o pão com papel alumínio e coloque no forno a 200 graus por 40 minutos!

Velinhas

Hoje é o dia da querida Cíntia Teixeira!

Felicidades!

Comentários
×