Museu Histórico de Divinópolis participa da 12ª Primavera dos Museus

Da Redação 

A Prefeitura de Divinópolis promoverá atividades educativas na Primavera dos Museus de 2018, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus. As ações são nesta quinta-feira, 20, e no sábado, 22, e são organizadas pela equipe do Museu Histórico.

Na quinta-feira, será realizada uma visita monitorada ao patrimônio cultural de Divinópolis com alunos das escolas municipais pelo Projeto da Prefeitura Bom Passeio. O roteiro da visitação abrange bens culturais, como o patrimônio ferroviário e a usina de álcool-motor da década de 1930.
 
Além dessa ação, as turmas visitarão o Museu GTO, do renomado artista plástico Geraldo Teles Oliveira, coordenados pelo neto do artista, Alex Teles. Os estudantes farão as atividades entre 8h30 e 11 horas.

No sábado, 22, uma aula sobre patrimônio cultural será ministrada pela equipe do Museu Histórico a alunos de arquitetura, com foco no sobrado. A aula será em frente ao sobrado, das 9 às 12 horas.

Primavera

A Primavera dos Museus é uma campanha nacional feita pelo Instituto Brasileiro de Museus. Neste ano, com o tema “Celebrando a educação em museus”, o evento propõe uma reflexão sobre uma das principais funções do museu: educar e contribuir no despertar de interesse para diferentes áreas do conhecimento, a vida em sociedade, a importância das memórias e o valor do patrimônio cultural musealizado. A Primavera dos Museus ocorre, nacionalmente, entre 17 e 23 de setembro.

Museu

A Secretaria Municipal de Cultura busca apoio para a restauração do sobrado da Praça da Catedral por meio da Lei Rouanet. Os projetos preliminares para a solicitação do incentivo estão em fase de finalização em parceria com professores e alunos da Faculdade Pitágoras e da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg). Também está sendo realizado o diagnóstico em campo com equipe de arquitetos especialistas em restauração.

O Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) concedeu ao município dois anos para início das obras de restauração, contando a partir de 2018.

O Museu foi interditado em março de 2017 pela Defesa Civil, após apresentar danos estruturais na edificação. A decisão foi tomada depois de uma análise detalhada por parte de engenheiros e técnicos do órgão que indicou danos na estrutura. O acervo do Museu está disponível no Arquivo Público Municipal e acessível para visitação às segundas, quartas, sextas-feiras e também para agendamentos na avenida 7 de Setembro, 1.148, Centro.

Comentários
×