Municípios da macro também registram descumprimentos da onda roxa

Bruno Bueno

O decreto 14.263/2021, que colocou 27 cidades da macrorregião oeste na onda roxa do programa Minas Consciente, restringiu o funcionamento de diversas atividades e impôs medidas para conter o avanço da covid-19. Todavia, como foi mostrado em reportagem exclusiva do Agora, disponível na versão impressa desta quinta-feira, 18, algumas medidas restritivas não estão sendo cumpridas em Divinópolis.

A reportagem apurou que o descumprimento das medidas restritivas também vem ocorrendo em outras cidades da macro. Há denúncias de aglomerações, pessoas saindo sem máscara e comércios, que não podem funcionar no decreto, abrindo de maneira clandestina em São Sebastião do Oeste e Pedra do Indaiá, distantes 32 km e 50 km, respectivamente, de Divinópolis.

São Sebastião do Oeste

Conforme apurou a reportagem, a onda roxa em São Sebastião do Oeste, distante 32 km de Divinópolis, não tem sido cumprida em totalidade.

O Agora recebeu denúncias de aglomerações em sítios, pessoas saindo sem máscara e estabelecimentos, que não são permitidos de funcionar, abrindo clandestinamente e recebendo clientes.

Denúncia

A Prefeitura de São Sebastião decretou somente nesta quarta-feira, 17, a interrupção das atividades nas secretarias das escolas municipais. Os funcionários trabalham, agora, em regime interno. Um morador, que prefere não se identificar, relata que o fechamento se deu após uma funcionária testar positivo para a covid-19.

— A funcionária testou positivo e foi afastada. Os outros, que tiveram contato direto com a mulher, continuam trabalhando normalmente, como se nada tivesse acontecido — disse.

Dados

A cidade tem, segundo boletim epidemiológico divulgado ontem, 175 casos confirmados da doença. 25 pessoas em isolamento social. Três pessoas, segundo a Prefeitura, já perderam a vida para a covid-19 na cidade.

Questionada sobre o descumprimento das medidas restritivas, a Prefeitura Municipal de São Sebastião do Oeste, por meio de sua assessoria, não se posicionou até o fechamento desta matéria.

Pedra do Indaiá

A cidade de Pedra do Indaiá, localizada a aproximadamente 50 km de Divinópolis, também tem apresentado problemas em cumprir as medidas do lockdown.

Uma moradora, que prefere não se identificar, relatou a situação no município.

— Estamos na onda roxa, porém as coisas estão funcionando, com restrições, a maioria está trabalhando interna e clandestinamente. Toda hora que saio na rua vejo pessoas sem máscara — relatou.

Números

O município tem, conforme dados divulgados no último boletim epidemiológico, 139 casos positivos da doença. Além disso, 39, suspeitas de covid-19, estão em isolamento. Sete pessoas já morreram em decorrência de coronavírus.

Questionada sobre o descumprimento das medidas restritivas, a Prefeitura Municipal de Pedra do Indaiá, por meio de sua assessoria, não se posicionou até o fechamento desta matéria.

Comentários
×