Motorista de aplicativo é preso após fingir assalto em Pará de Minas

Homem é de BH e estaria tentando se esquivar de um homicídio

Da Redação

Um motorista de aplicativo, de Belo Horizonte, foi preso por fingir que teria sido assaltado na noite do último domingo, 22, em Pará de Minas. O homem, de 27 anos, estava na estrada dos Peixotos, proximo ao bairro Grão Pará.

Segundo informações da Sétima Região, os militares foram até o local averiguar informações passadas por um irmão do autor, também morador de Belo Horizonte, de que ele teria sido vítima de um roubo e estaria trancado no porta-malas do veículo no local em pauta.

Os militares encontraram o motorista de aplicativo trancado no interior do seu veículo, um Renault Sandero, de cor prata, portando um celular e estando outro celular seu no porta-luvas do automóvel. Primeiramente o motorista relatou que foi vítima de uma assalto, ocorrido em um semáforo do bairro Nacional, em Contagem, onde três homens, um deles portando um revólver, o obrigaram a entrar no porta-malas do veículo, que teriam ainda realizado o homicídio de um homem, em um local de díficil acesso, próximo ao Morro das Pedras.

Contudo, os policiais desconfiaram da versão narrada pela suposta vítima. Ainda segundo a PM, o individuo apresentou uma pobreza de detalhes descrevendo o corrido e se aparentava bastante calmo contando aos militares. Após ser questionado sobre os fatos, o autor admitiu que devia um dinheiro a um homem, o qual lhe solicitou, como pagamento da dívida, que o levasse com mais dois homens ao citado local ermo, perto do Morro das Pedras, onde teriam executado um indivíduo, a tiros de arma de fogo.

O homem ainda relatou que a seguir o trio citado se deslocou com ele até Pará de Minas, onde fizeram contatos com pessoas envolvidas no tráfico, na cidade e depois o deixaram no local onde foi encontrado pelos militares e deixaram o local em outro veículo. Os militares fizeram rastreamento, mas o trio de suspeitos não foi encontrado.

O motorista de aplicativo foi preso por falsa comunicação de crime, sendo encaminhado à Delegacia de Polícia. Os militares de Pará de Minas passaram as informações sobre o possível homicídio ocorrido em Belo Horizonte, para militares do Batalhão da região citada, do Morro das Pedras, mas o suposto corpo não foi encontrado e o fato não foi confirmado. As buscas pelo local se retomaram na manhã desta segunda, 23, pelos policiais.

Comentários
×