Mostra de Cinema abre calendário de eventos de Tiradentes

Da Redação

O programa Cinema sem Fronteiras inaugura sua temporada 2020 e abre o calendário audiovisual brasileiro com a realização da 23ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes. O evento ocupará a histórica cidade mineira de 24 de janeiro a 1º de fevereiro de 2020.

Ao longo de nove dias de evento, o público é convidado a conferir e participar de uma programação extensa e diversificada, oferecida gratuitamente ao público, com a exibição de mais de 100 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais e mostras temáticas, homenagens. Haverá ainda a realização do 23º Seminário do Cinema Brasileiro – composto por debates, mesas temáticas, diálogos audiovisuais, além da série “Encontro com os filmes” – que reúne, anualmente, críticos de cinema, acadêmicos, pesquisadores, diretores, profissionais do audiovisual, imprensa e público.

Formação e capacitação

Integram também a programação do evento ações formativas visando à formação e capacitação para o mercado de cinema e criando oportunidades para novas gerações de atores e realizadores, com oficinas para adultos e jovens que certificarão mais de 200 alunos; a Mostrinha de Cinema, que garante muita diversão para a criançada e toda a família em sessões de longas e curtas-metragens voltados ao público infanto-juvenil e presença da Turma do Pipoca; a Mostra Jovem, que reúne curtas-metragens que dialogam com questões e experiências adolescentes e ainda atrações artísticas, exposições, cortejo da arte, além de shows e performances com artistas de destaque na cena mineira e nacional, relacionados de alguma forma às temáticas e debates propostos durante toda a programação. Estima-se que, em 2020, o evento beneficiará um público de mais de 35 mil pessoas.

Roteiro da Estrada Real

Além de desfrutar da programação da 23ª Mostra Tiradentes, que promete agradar públicos diversos e de todas as idades, os turistas poderão conhecer histórias, personalidades, curiosidades e o roteiro turístico que integra a Estrada Real.

A cidade de Tiradentes foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1938. A preservação de seu centro histórico é a maior atração para turistas brasileiros e estrangeiros que se encantam com seus becos e ruas, igrejas e edificações características, como o Largo das Fôrras, a Igreja do Rosário dos Pretos e o Chafariz de São José.

Passeios

As alternativas para quem visita Tiradentes, ao pé da Serra de São José, vão de passeios intimistas pelo conjunto arquitetônico colonial a aventuras pelas diversas trilhas ecológicas. Destacam-se ainda a extensa variedade do artesanato oferecido pelas suas lojas e a diversificada culinária, como mostram os pratos típicos ou sofisticados que constam nos cardápios de seus mais de muitos restaurantes. Pelas ruas, as lojinhas de artesanato oferecem produtos de ferro, estanho, madeira, colchas e bordados feitos por artesãos da região. Na gastronomia, restaurantes diversos de comida mineira a italiana, misturam sabores e arte. Tudo isto com pitada de cultura brasileira. 

Mostra de Cinema

O evento é considerado uma das maiores mostras dedicada ao cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país: apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias nacionais, de longas e curtas, uma trajetória rica e abrangente que ocupa lugar de destaque no centro da história do audiovisual e no circuito de festivais realizados no Brasil.

 

Trata-se de um programa audiovisual que reúne todas as manifestações da arte numa programação cultural abrangente oferecida gratuitamente ao público que prevê a exibição de mais de 100 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais, mais de 40 sessões de cinema, homenagens, oficinas, debates, seminário, mostrinha de cinema, exposições, lançamento de livros, teatro de rua, shows musicais, performance audiovisual, encontros e diálogos audiovisuais e  atrações artísticas.

Comentários
×