Modelo de 'Cidade Inteligente' de Cajuru pode ser pioneiro no Brasil; Parceria Público-Privada integra três projetos de inovação

Da Redação 

Carmo do Cajuru é a primeira cidade brasileira a desenvolver projeto de Parceria Público-Privada (PPP), integrando três empreendimentos de inovação em única concessão administrativa. Trata-se da instalação de 4.500 luminárias por LED,  instalação de rede de dados articulados de 17 km de fibra ótica para os 35 órgãos e setores da administração pública municipal, além de implantação de sistema gerador de energia solar fotovoltaica de 1,02 MW localizado no município, que segundo a administração, será capaz de atender a demanda pública local e ainda gerar tributos para os cofres públicos, a partir de 2022, quando a produção poderá ser ampliada para 5 MW e atender o parque industrial.

O projeto ilustra um dos objetivos dos chamados planos de desenvolvimento sustentável que ganham força por todo o mndo. O modelo de “cidade inteligente” em Cajuru é inédito no Brasil, cujo processo de licitação caminha para a fase final, nesta quarta-feira, 11, quando a prefeitura receberá as propostas dos interessados. 

Comentários
×