Mineiro terá árbitro de vídeos nas fases finais

 

 

José Carlos de Oliveira

 Os doze clubes que participarão do Módulo I do Campeonato Mineiro em 2019 estiveram representados na reunião da tarde de ontem na sede da Federação Mineira de Futebol (FMF), para discutir detalhes da disputa do estadual na próxima temporada.

 Fórmula mantida 

A forma de disputa do campeonato continua a mesma deste ano. Para atender exigências do estatuto do torcedor, o formato de disputa tem que permanecer pelo menos por duas temporadas seguidas.

Com isto, os doze times se enfrentam, jogando todos contra todos em turno único, e classificando-se para a fase de quartas de final os oito melhores colocados, com os confrontos sendo definidos no sistema olímpico – 1º x 8º; 2º x 7º; 3º x 6º; e 4º x 5º.

 Novidade

 A principal novidade para o estadual de 2019 será a utilização do Árbitro de Vídeo (VAR) a partir das semifinais. A novidade foi definida no encontro da tarde de ontem, mas será utilizada apenas em estádios homologados, com estrutura para receber os equipamentos.

A tecnologia será bancada pela federação, e a homologação dos estádios será de responsabilidade dos clubes que estiverem envolvidos nas partidas. O custo será todo da Federação e girará em torno de R$ 30 por jogo.

 A reunião 

O encontro do Conselho Técnico aconteceu na sede da entidade, à rua Piauí, 1977, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte, às 14h, e teve a participação dos representantes dos dez times remanescentes do estadual deste ano – Cruzeiro, América e Atlético (Belo Horizonte); Boa Esporte (Varginha), Caldense (Poços de Caldas), CAP Patrocinense, Tombense (Tombos), Tupi (Juiz de Fora), URT (Patos de Minas) e Villa Nova (Nova Lima) -, mais o Guarani de Divinópolis e o Tupynambás, de Juiz de Fora, campeão e vice do Módulo II em 2018.

 Outros detalhes 

O Guarani esteve representado no encontro por seu presidente Vinicius Morais, que ficou satisfeito com o que ficou determinado no Conselho Técnico.

Além da fórmula de disputa ser repetida e a utilização do VAR, outros detalhes ficaram decididos no encontro dos dirigentes. Um que afeta diretamente o Guarani diz respeito a capacidade dos estádios nas quartas de final, que deve ser de no mínimo 10 mil torcedores.

Os dirigentes decidiram também que a partir do ano que vem os clubes poderão inscrever jogadores em qualquer momento da disputa, sem data limite. Na edição deste ano, os clubes podiam inscrever atletas somente até as quartas de final.

A data de início da competição será 20 de janeiro de 2019 e a grande final está marcada para o dia 21 de abril. A Federação Mineira de Futebol divulgará a tabela de jogos até o dia 20 de novembro.

 

Comentários
×