Mercado oferece 43 vagas de emprego formal

Mesmo com complicações da pandemia, emprego foi positivo em Divinópolis

Da Redação 

Em meio à incerteza econômica e política e com a provável segunda onda da pandemia de covid-19, brasileiros se preparam para um início de ano sem saber direito o que virá. Com desemprego recorde, aumento da inflação e o fim do benefício, muitas famílias não estão nem um pouco otimistas com a chegada de 2021. Mas em meio a tantas incertezas, Divinópolis pelo quinto mês consecutivo, registrou saldo positivo na geração de empregos formais. Foram abertos 506 novos no postos de trabalho no mês de novembro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

Números que dão um certo alento para quem busca se recolocar no mercado de trabalho. Em 12 meses, o Município já registrou sete deles de admissões maiores que as demissões.

— Mas o momento é de cautela em virtude da cidade está na onda vermelha e a incerteza no futuro pode atingir novas vagas de emprego. E nestas horas o empreendedorismo pode ser a chave mestra para que os desempregados voltem ao mercado de trabalho. Vamos esperar os números finais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2020, para nos posicionar quanto aos número real de desempregados para que possamos alinhar uma política para novamente colocar a cidade nos trilhos — avaliou a presidente da Associação Comercial e Industrial de Divinópolis (Acid), Alexandra Galvão.  

Sine

Mas toda semana é possível recomeçar com as vagas sempre disponibilizadas pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine). Em Divinópolis, estão abertas 43 vagas para as mais diversas qualificações profissionais. Com salários variando entre R$ 1.100 a R$ 2.352, os interessados, por causa da pandemia de covid-19, devem fazer as consultas às vagas pelo site empregabrasil.mte.gov.br ou pelo aplicativo Sine Fácil.

Ramo 

Entre as oportunidades, destacam-se as seis vagas para ajudante de carga e descarga e instalador reparador de linhas e aparelhos de telecomunicação/ internet, TV e telefone, oportunidade de primeiro emprego e é necessário CNH 'B' e carro próprio. Três vagas são para operador de máquinas para indústria de peixes e outras três para  auxiliar de linha de produção. Duas vagas são para os profissionais de auxiliar de cozinha, esmerilador, operador de máquinas, colunas armadas para construção civil, sendo oferecida oportunidade de primeiro emprego. E as demais distribuídas entre faxineiro, mecânico,  mecânico de máquinas pesadas/diesel, soldador, técnico em segurança do trabalho, deve ter CNH 'B', operador de sistemas computacionais em rede/ consultor de implantação, vigia, servente de limpeza, nutricionista,  empregado doméstico, eletricista de manutenção industrial,  cozinheiro geral, colador de cartazes, atende de farmácia/balconista, ajudante de pátio de sucata, entre outras.

Comentários
×