Meio Ambiente doa materiais apreendidos para a Assistência Social

Os produtos apreendidos pela Fiscalização de Posturas foram obtidos por meio de operações realizadas em vias públicas, onde acontecem vendas ambulantes irregulares.

Da Redação

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade Urbana (Seplam) doou, nesta quinta-feira, 15, materiais apreendidos em operações de fiscalização para a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). 

A secretária de Assistência Social, Juliana Coelho, informou o destino dos objetos recebidos.

— Os materiais serão destinados aos serviços assistenciais destinados às famílias necessitadas, o que muito irá auxiliar nas atividades desenvolvidas — destacou.

Os produtos apreendidos pela Fiscalização de Posturas foram obtidos por meio de operações realizadas em vias públicas, onde acontecem vendas ambulantes irregulares. De acordo com o gerente de Alvarás e Fiscalização, Leandro Teixeira da Silva, as apreensões aconteceram entre 4 de outubro de 2019 e 27 de março de 2021.

— Esta mercadoria estava guardada e, nesta administração, fizemos todo o levantamento da quantidade armazenada para fazer as doações — comentou.

Foram apreendidos 1520 pares de meias, 714 artigos eletrônicos, 555 máscaras, 232 pares de luvas, 115 pares de chinelos, 103 brinquedos, 94 cadarços, 90 bijuterias, 77 chapéus, 52 carteiras, 41 bolsas,  35 pares de sandálias, 14 relógios, 8 banquetas de madeira, 4 capas de chuvas descartáveis, dentre várias outras mercadorias.

O secretário de Meio Ambiente, Ezequiel Cilas Rodrigues, os proprietários dos materiais confiscados tiveram um prazo de 60 dias para pagarem uma multa e retirarem os produtos retidos nas apreensões.

— Após esse período, as apreensões são armazenadas pela Seplam e, caso tenhamos, novamente, um montante razoável, faremos novamente as doações — afirmou.

A Procuradoria Geral do município elaborou parecer que autorizou as doações dos itens à Semas.

Comentários
×