Mediante de ameaça de paralisação, Domingos Sávio garante continuidade das obras de Cmeis

Da Redação

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, informou ao deputado Domingos Sávio (PSDB) o pagamento da primeira medição das obras dos Cmeis do Jardinópolis e Jardim das Oliveiras, ambos viabilizados pelo parlamentar. O deputado havia solicitado prioridade no pagamento ao ministro para que as obras não fossem paralisadas, visto que por um atraso na alimentação do sistema do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por responsabilidade da prefeitura, fez com que a empresa trabalhasse sem receber por mais de seis meses e, esta, informou que iria abandonar a obra.

Com a intervenção de Domingos Sávio, foi depositado na conta da prefeitura o valor de R$ 402.675,02 para cada um dos Cmeis, totalizando R$ 805.350 mil que permitirão a continuação das obras.

No dia 6 de abril, Domingos Sávio recebeu em seu gabinete, representantes da Empreiteira Tiradentes alegando não pagamento por parte da prefeitura e de que havia um alto investimento em cada um dos Cmeis, o que representaria mais de R$ 700 mil de investimento por parte da empresa, sem retorno de pagamento. “Solidário para com a empresa e ciente dos prejuízos que a paralização das duas obras traria, pedi tempo para que eu pudesse sanar as pendências junto à prefeitura e sanado aqui, pudesse agir politicamente em Brasília para a liberação mais breve possível do recurso”.

— Eu sempre destaco que o trabalho de um deputado é diário em prol de uma cidade ou uma região e, muitas das vezes, é um trabalho dito como “invisível” em que não se descerra placas, inaugura obras, está no holofote, na mídia, fazendo grandes estardalhaços ou gravando vídeos. Eu sempre pauto o meu trabalho parlamentar na base do diálogo e na busca das soluções — destaca o parlamentar ao apresentar mais uma articulação vitoriosa que culminou na não paralisação de duas importantes obras de Divinópolis.

“Talvez se eu fizesse um vídeo revoltado com a morosidade da prefeitura em alimentar o sistema, ou mesmo um vídeo denúncia de que dois Cmeis estariam prestes a serem paralisados, isso me traria repercussão momentânea, mas de nada ajudaria na solução do problema, provavelmente, pioraria a situação”, revela o parlamentar.

Por fim, o deputado destaca a importância da preocupação da Empresa Tiradentes com a importância educacional e social de ambas obras e o cumprimento de todas as suas obrigações contratuais com fluxo de caixa próprio, além do empenho dos profissionais da Secretaria Municipal de Educação – Semed, em equalizar o Plano de Ação Articuladas (PAR).

Mais Educação

Cada um dos Cmeis contará com investimentos de mais de R$ 2,6 milhões e terá capacidade para atender até 376 crianças cada. Eles seguem o padrão estabelecido pelo Governo Federal para o programa Pró-Infância. As novas unidades contarão com 10 salas de aula de creche e pré-escola, sala multiuso, sanitários infantis, pátios coberto e descoberto, parquinho, refeitório, sala de professores, almoxarifado, secretaria e diretoria, entre outros ambientes que permitem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação.

Comentários
×