Mais escolas estaduais começam atividades presenciais com estudantes

Retorno na rede estadual começou dia 26

Da Agência Minas

A partir desta semana, mais escolas da rede estadual de ensino voltam a ter os estudantes em sala de aula em Minas Gerais. São unidades localizadas em cidades inseridas nas ondas amarela ou verde, que oferecem do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e que as prefeituras não apresentaram restrições ao retorno das atividades presenciais. O retorno seguro, gradual, híbrido e facultativo foi planejado, com todo o cuidado, para garantir o cumprimento dos protocolos sanitários e transmitir a segurança e a confiança necessárias a alunos, funcionários, pais e responsáveis.

A Escola Estadual Prefeito Mauricio de Azevedo, no município de Janaúba, começou as atividades presenciais com os estudantes nessa segunda-feira (28/6). A diretora da unidade, Alessandra Aparecida Carvalho Aguiar, falou sobre as ações realizadas na escola. “Foi um momento tranquilo e gostoso. Seguimos todas as orientações. Nas salas de aula, tivemos contação de história e conversamos com os estudantes sobre a sensação do retorno. Cada sala fez uma dinâmica. Foi um momento mais de escuta”, conta.  

O aluno do 5º ano do ensino fundamental, Heitor Souza de Oliveira, fala do que mais gostou. “Gostei muito das brincadeiras e da conversa que tive com a professora nesse primeiro dia. Agora que tenho que vir para a escola sei que vou brincar menos em casa, mas estou feliz por voltar”, relata.

Conhecer um pouquinho mais de como foi esse período longe da escola também foi a atividade do primeiro dia de aula na sala do 4º ano da professora Zora Santos. “É uma satisfação muito grande estar no ambiente da escola, poder ter esse contato com os alunos e escutar os relatos deles. No atual momento, é muito importante saber um pouco sobre o que eles passaram e estão sentindo”, afirma.

Modelo híbrido

No modelo de ensino híbrido implementado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), há alternância entre o atendimento presencial e o remoto. Em uma semana os estudantes participam de atividades na escola e, na semana seguinte, os professores atendem pelo aplicativo Conexão Escola. Já na outra semana, as atividades voltam a ser presenciais e assim por diante. 

Divulgação / EE Abner Afonso

Todas as escolas aplicaram um checklist criterioso para cumprimento dos protocolos sanitários, garantindo o distanciamento necessário, os cuidados com a limpeza do local e a disponibilização de itens de proteção individual, limpeza e higiene.

As atividades pedagógicas presenciais estão sendo ministradas com objetivo de fortalecer a aprendizagem de acordo com a necessidade da turma. Durante o período na escola, o estudante tem oportunidade de interagir e compartilhar os conhecimentos alcançados durante o Regime de Estudo não Presencial e obter suporte pedagógico para desenvolver as habilidades ainda não consolidadas. 

Mesmo com as atividades presenciais, o Regime de Estudo não Presencial continua sendo oferecido pela Secretariade Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) aos estudantes.

Acolhimento 

Na Escola Estadual Padre Antônio Corrêa, em Visconde do Rio Branco, cerca de 80% dos estudantes tiveram autorização de pais e/ou responsáveis para participar das atividades presenciais e o acolhimento também marcou o primeiro dia. “Foi um primeiro dia de acolhimento para os pais também, para que eles se sintam seguros. Foi muito bacana e emocionante”, destaca a diretora Roberta Cardoso Vilas Boas.

Na unidade de ensino, um dos destaques foram as oficinas realizadas na hora do recreio. “Dividi a escola em quatro espaços; garantimos o distanciamento entre as crianças e, em cada um dos espaços, fizemos oficinas, como cartões para mímica, pula corda individual, mestre mandou e atividades de colorir. Eles gostaram bastante”, comenta Roberta.

Divulgação / EE Padre Antônio Correa

Pais e/ou responsáveis seguros

Já em Patos de Minas, na Escola Estadual Abner Afonso, o diretor William Mota conta que o retorno está sendo muito bom. “Tivemos um número expressivo de alunos. Realizamos dinâmicas e atividades de acolhimento. Além disso, todas as medidas preventivas estão sendo seguidas”, frisa.

Maria Geralda Rezende de Melo é mãe de Felipe de Melo Rezende, do 5º ano do ensino fundamental. Ela fez questão de levar o filho no primeiro dia de aulas presenciais. “Meu filho sempre gostou muito de vir para a escola e, diante das medidas, autorizei ele a vir. A escola está bem organizada e todas as orientações de proteção que vi estão de acordo”, conta.

Talita Vasconcelos também acompanhou a filha no primeiro dia. Esta é a primeira vez que Esther Vasconcelos Prestes, aluna do 1º ano do ensino fundamental, participa das atividades pedagógicas presenciais na unidade de ensino. “A Esther estava muito ansiosa. O coração de mãe também fica ansioso, mas vi que está tudo dentro do protocolo. Tem álcool e distanciamento, estou bem tranquila e confio na escola”, relata.

Lista de escolas autorizadas  

Pais e/ou responsáveis, estudantes e professores podem consultar diariamente a lista de escolas estaduais autorizadas a retomar as atividades pedagógicas presenciais. No site da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) foi criada uma aba dedicada a atualizar a comunidade escolar sobre como está a retomada no estado.

No boletim não estão listadas escolas em que o município está localizado em uma microrregião em onda vermelha; ou em que a cidade possui um decreto que impede o retorno presencial; ou em que a unidade ainda está em preparação para implementação do ensino híbrido ou não oferece os anos iniciais do ensino fundamental.

Comentários
×