Mais de dois acidentes de trânsito são registrados por dia na cidade

 

Maria Tereza Oliveira

A frota de veículos cresceu na cidade. Atualmente são 137.281 veículos, o que corresponde um veículo para cada dois habitantes. Junto dos carros, os acidentes também tiveram um aumento. O crescimento da frota e a falta de disciplina resultaram em um número expressivo de acidentes. A média é de mais de dois acidentes por dia.

Os órgãos responsáveis pelo trânsito lembram que todos fazem parte do trânsito e tem responsabilidade para mantê-lo seguro. Desde motoristas e motociclistas a pedestres, todos devem tomar cuidados para evitar acidentes.

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) somente nos dez primeiros meses deste ano, foram 664 atendimentos de acidentes de trânsito.

Motocicletas

As protagonistas na maioria dos acidentes são as motocicletas. Entre os 664 atendimentos, pelos menos 466 tiveram envolvimento com motos. Isso sem contar com os atropelamentos, que não foram especificados.

O que poderia justificar o número alarmante é que muitos motociclistas se arriscam com ultrapassagens perigosas. Ao andar pela cidade, é comum deparar com motociclistas atravessando o sinal vermelho.

De acordo com o delegado de Trânsito, Marcelo Nunes Júnior, um dos principais motivos para o número de registros de acidentes com motos, é que elas oferecem menos segurança ao condutor.

— O condutor de moto está mais sujeito a ser envolver em acidentes e eles tendem a ser mais graves — destacou

Principais infrações

Entretanto, os motociclistas não são os únicos culpados pelos acidentes. Muitos condutores de carros também exageram na velocidade e ultrapassam sinal vermelho.

O delegado revelou ainda que as principais infrações são o avanço de sinal, embriaguez ao volante e o uso de celular enquanto dirige.

Mesmo sendo proibido, ainda há quem insista em conduzir veículos e usar o celular ao mesmo tempo. Estudos comprovam que o aparelho divide a atenção do motorista e é o culpado por inúmeros acidentes.

Assim como o consumo de álcool e outras drogas que deixam os reflexos mais lentos e causam graves acidentes.

Pedestres

Ao contrário do que se imagina, os pedestres também são responsáveis por acidentes. Atravessar fora da faixa e com o sinal fechado para pedestres também resulta em acidentes.

— Todos devem manter atenção no trânsito. Pedestres que se distraem com o celular também podem causar sérios acidentes e, por isso, tem papel fundamental — explicou o delegado.

Seminário

Para ajudar na conscientização de condutores da cidade, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans), Assuntos de Segurança Pública (Acasp), Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), a Polícia Civil (PC), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Militar (PM) uniram-se para a realização do seminário “Educação, trânsito e cidadania”.

Como o nome diz, o evento busca destacar a responsabilidade de cada um para evitar acidentes, além de conscientizar para as regras do trânsito.

Durante o seminário, a ser realizado no dia 23, no auditório da Fiemg, haverá inúmeras palestras que vão desde “Comentários jurídicos sobre avaliação psicológica no contexto do trânsito” a “Articulação na educação para o trânsito nas escolas”.

Antes do seminário, será realizada uma atividade educativa. Os alunos da 5ª a 9ª série das escolas municipais, estaduais e do Colégio Tiradentes irão fazer uma redação com o tema: “Nós somos o trânsito”. O 1º lugar de cada série será premiado.

Para se inscrever, basta ligar para o número (37) 3512-7811.

 

 

Comentários
×