Mais de 100 famílias participam de formação do Cmei Herbert de Souza

Tema da reunião foi "da pandemia nasce uma nova relação entre unidade escolar e família"

Da Redação
 
Remotamente, com o Google Meet, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Centro de Referência da Educação Infantil (CREI), vinculado ao Centro de Referência dos Profissionais da Educação (CRPE), promoveu a capacitação “Da pandemia nasce uma nova relação entre unidade escolar e família”.
 
A aprendizagem online ocorreu no dia 15, a partir das 19h, com a formadora Angelita Antônia dos Santos, e esteve destinada a educadores, famílias e crianças do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Herbert de Souza, que fica localizado na Vila Cruzeiro. Mais de 100 famílias participaram remotamente. 
 
A jornalista Ana Fabrícia Silva, mãe de Arthur Silva, aluno do segundo período matutino da professora Maria Cláudia, mostrou-se encantada. “O encontro foi muito gratificante. Angelita foi sábia nas palavras e no direcionamento quando falou com os pais e as crianças presentes sobre o novo e delicado momento para todos. Em minha casa, não foi diferente. Muitas situações chegaram ao extremo, mas pouco a pouco tudo melhorará. Arthur tem cinco anos e, além das atividades escolares, dedica-se às tarefas domésticas praticando ensinamentos escolares como cuidar da natureza, separar resíduos em alimentos e cores e conhecer o valor de tudo e a importância de cuidar, ouvir, respeitar, amar e expressar-se. Lemos histórias, brincamos, oramos e falamos muito com ele.  Meu marido Paulo Roberto e eu agradecemos à direção e a toda a equipe do Cmei. Estamos muito felizes com o cuidado, o respeito e a dedicação às crianças e às famílias”, disse.
 
Os objetivos da reunião foram: 1. construir estratégias importantes que fortaleçam a relação entre pais e filhos, entre pais e unidade escolar e entre crianças e educadores; 2. compreender a importância dos eixos da educação infantil e da realização das atividades enviadas pela unidade escolar; 3. criar vínculo com as famílias para que se sintam amparadas no contexto atual.
 
 
Comentários
×