Maior parte de batidas entre carros e motos em Divinópolis envolvem homens, diz Settrans

De 118 acidentes do tipo, 84 (71%) envolvem vítimas do sexo masculino

Da Redação

Após o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informar que as batidas entre carros e motos representam o maior número de atendimentos a acidentados em Divinópolis, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) também divulgou nesta segunda-feira (25) estatísticas que validam essa tese.

Segundo o órgão da Prefeitura, de 9 de julho a 12 de setembro foram registrados na cidade 224 acidentes, dos quais 118 (52%) foram entre carros e motos. Desses, em 84 ocorrências (71%) homens estavam envolvidos. O restante, 34 (28%), envolveu mulheres. 

Os atropelamentos registraram o segundo maior volume de acidentes na cidade. Foram 44 e em 24 deles (54%) os homens estavam nas estatísticas. Em 20 (45%), as mulheres.

Os acidentes entre motos ficaram na terceira posição. De acordo com os dados, a cidade registrou no período 29 acidentes e em 20 (68%) os homens estavam conduzindo. Já os acidentes entre carros assinalaram 20 e em 14 (70%), os homens estavam na direção.

As capotagens neste período somaram 11 e em sete (63%), os homens estavam envolvidos. As motos com bicicletas somaram dois acidentes no período. 

Idade

A Settrans também divulgou acidentes por idade. Os que envolvem vítimas de 20 a 40 anos foram os índices mais altos. Foram registrados 81 acidentes entre motos e carros, além de 20 ocorrências entre motos. Os atropelamentos na faixa de idade somaram 15; e as capotagens, cinco.

A segunda faixa idade com maior volume de acidentes foi entre 41 e 60 anos. Foram 13 acidentes entre motos e carros, além de 12 atropelamentos, seis ocorrências entre carros e motos e uma capotagem.

Comentários
×