Maior nota do 5º ano das escolas públicas é do Tiradentes

 

Ana Laura Corrêa

Dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, apresentados ontem pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) mostram os índices da educação em Divinópolis.

A referência tem o objetivo de mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação.

5º ano

As escolas municipais e estaduais de Divinópolis atingiram suas respectivas metas no índice do 5º ano do ensino fundamental. As primeiras obtiveram 6,6, diante da meta de 6,4, e as segundas registraram 7,3, superando a meta de 6,6.

9º ano

Escolas municipais e estaduais não atingiram as metas propostas pelo índice para o 9º ano do ensino fundamental. As primeiras alcançaram somente 5,0, ficando abaixo da meta de 5,3. Já as segundas registraram somente 5,2, índice inferior ao proposto, de 5,4.

Ensino médio

As escolas estaduais também não atingiram a meta proposta para o 3º ano do ensino médio, de 4,2, alcançando somente 4,0.

Por escola

Entre os quintos anos das escolas municipais, a São Geraldo e a Adolfo Machado atingiram a maior pontuação, com 7,4. O menor Ideb, por sua vez, foi registrado na escola João Gontijo da Fonseca, com 5,2.

Já entre os quintos das escolas estaduais, o Colégio Tiradentes, com nota 8,5, teve o maior Ideb, seguido das escolas São Francisco de Assis e Padre Matias Lobato, que empataram com notas 8,2. O menor foi da Dona Diva de Oliveira, com 6,0.

9º ano

Nas turmas de 9º ano das escolas municipais, o maior Ideb foi das escolas Professor Odilon Santiago e Maria Fonseca Peçanha, com 5,9. O menor foi registrado na Antonieta Fonseca, que atingiu somente 3,3.

Já nas escolas estaduais, também no 9º ano, a São Francisco de Assis obteve o maior Ideb, com 6,3. O menor índice foi registrado na Nossa Senhora do Sagrado Coração, de 3,5.

Ensino médio

Em relação ao 3º ano do ensino médio, entre as escolas estaduais, o maior Ideb foi atingido pela Dona Antônia Valadares, com 4,8. Já o menor foi registrado na Armando Nogueira Soares, de 3,3.

 

Comentários
×