Lutador da Pantera Negra disputa ADCC Trials Brasil, em São Paulo

 

José Carlos de Oliveira

O Esporte Clube Sírio, na capital paulista, recebe neste sábado e domingo, o ADCC Trials no Brasil, que este ano também será aberto para a América Latina. A seletiva única dará vagas para o maior evento de luta agarrada do mundo, o ADCC, que é realizado de forma bienal, e terá sua próxima edição nos dias 28 e 29 de setembro, em Anaheim, Califórnia (EUA). Em 2017, o evento aconteceu em Espoo, na Finlândia. A competição terá a presença de lutadores de todas as partes do Brasil e de países vizinhos, com apenas mil vagas sendo abertas.

Renato Sugino, diretor de arbitragem do ADCC, garantiu que a seletiva será o maior evento do esporte e, por tradição, deverá contar com a presença dos principais nomes do Jiu-Jitsu nacional.

Divinopolitano

O atleta divinopolitano de jiu jitsu, da Academia Pantera Negra, Ruan Alvarenga, estará em São Paulo neste fim de semana para participar da seletiva ADCC Trials no Brasil.

Ruan Alvarenga é atleta originário da Academia Pantera Negra – Iran Brasileiro, pioneira no esporte em Divinópolis, mas disputará o evento representando a Marcelo Garcia Academy.

Atualmente ele é campeão mundial em sua categoria na sua modalidade, NoGi (sem kimono), além de campeão brasileiro da categoria nas duas modalidades (com kimono e sem kimono). O atleta vem se preparando há meses para a disputa, com treinos diários, dieta e alimentação balanceada, fisioterapia e musculação.

— Tenho me preparado com muito afinco para conquistar a vaga no maior evento de luta agarrada do mundo. Esta seletiva reúne os melhores atletas da América Latina e só de participar dela já me sinto vitorioso, pois eu sou um dos atletas mais jovens que disputarão um espaço, visto que somente os mais experientes conseguem este feito — revelou.

A seletiva é a única chance para participar do maior torneio de grappling do Mundo, ADCC World Championship 2019. A seletiva será única para toda a América Latina, limitando-se a 1000 vagas. O evento acontece a cada dois anos e é considerado as “Olimpíadas do Jiu Jitsu”. 

Campeão

Aos vinte anos de idade, Ruan Alvarenga já coleciona importantes títulos. Ele é o campeão mundial Nogi IBJJF em sua categoria. Já foi duas vezes campeão brasileiro de kimono CBJJ, campeão brasileiro sem kimono CBJJ, 14 vezes campeão mineiro invicto FMJJ, campeão Curitiba Open Nogi peso e absoluto IBJJF, campeão São Paulo Open Nogi peso e absoluto IBJJF, campeão Rio International Open IBJJF, campeão New York Bjj Pro IBJJF, campeão New York Open Nogi IBJJF, campeão New York Open IBJJF, campeão Seletiva de Abu Dhabi, campeão Madri International Open IBJJF e campeão Madri Open Nogi peso e absoluto IBJJF.

 

Comentários
×