Livro “P de Pombinha” é sucesso

 

Welber Tonhá e Silva

O livro “P de Pombinha” da professora e contadora de histórias Tatiana Fonseca é um sucesso! A obra aborda a questão da pandemia e as escolas, tratando do assunto da volta às aulas e dos novos procedimentos de prevenção que estarão presentes no dia a dia dos estudantes, tudo de uma forma bem sutil e divertida. As ilustrações do livro são de Isis Fonseca, filha de Tatiana. Escolas e professores interessados no livro é só contatá-la,  o telefone dela é (37) 98828-7037

 

Eventos retomando

 

A cidade começa e retomar os eventos, as bandas e os músicos começam a respirar novamente com agenda cheia e movimentada. O ideal é os eventos acontecerem, mas mantendo sempre a cautela, afinal, o vírus ainda está por aí e se “mutando”.

 

Dia do Patrimônio Histórico

 

Em 17 de agosto foi “comemorado” o dia do Patrimônio Histórico comemorado entre aspas mesmo, porque não sei se temos muito o que comemorar. Uma cidade rica em histórias, fatos e construções como Divinópolis merece um pouco mais de investimento na preservação e manutenção de bens históricos, como o prédio do Museu, conhecido sobrado da Matriz, construído em 1830 pelo capitão Domingos. A edificação está ali, ainda em pé, ou pelo menos o que sobrou depois que o ex-prefeito Galileu Machado demoliu grande parte em 1983. Não falo só da administração pública, mas também da iniciativa privada, que pode investir e restituir no imposto, falta mais é boa vontade mesmo. Só para não falar que fui injusto, eu vi uma publicação de que a Prefeitura está com projeto de restauração do prédio, mas, me desculpem, só acredito quando as obras forem iniciadas. 

 

Livro com 50 orações para o dia a dia

João Natálio lançou seu terceiro livro de orações, com 50 orações das mais diversas para seu dia a dia, na linha do catolicismo. A obra já foi vendida para diversos estados do Brasil e alguns até para fora.  É uma publicação encantadora, em formato pocket, fácil de manusear e de leitura agradável. Interessados podem pedir pelo WhatsApp, (37) 99194-4911

Livro da semana 

“O homem que matou Getúlio Vargas” é uma comédia escrita por Jô Soares e lançado em 1998. Conta a história de Dimitri Borja Korozec, assassino profissional que encontra-se com diversas figuras históricas entre 1897 e 1954. Muito interessante, uma mistura de ficção com história, faz com que se prenda na leitura.

Tem pauta para sobre a cultura? Envie para welbertonha@gmail.com

Welber Tonhá e Silva 

Historiador, escritor, pesquisador, fotógrafo e fazedor cultural.

Instagram: @welbertonha

 

Comentários
×