Live arrecada fundos para a Cruz de Todos os Povos

Live arrecada fundos para a Cruz de Todos os Povos

O evento foi realizado pela Associação Terra de Deus  no último sábado, 11, às 17h, no Morro da Gurita, onde está sendo construída a Cruz de Todos os Povos. O local foi fechado para o público, estavam presentes somente os artistas e equipe da produção.

A live contou com a participação de artistas da terra, como Sávio Fernatti, Tia Elza, Dias de Truta, Banda Rhadyo K7, Banda Teens e Coral Municipal de Divinópolis.

 

Bloco Haja Amor no Estrela

No próximo dia 19 será realizado o ensaio aberto para sócios do Bloco Haja Amor na sede urbana do Estrela do Oeste Clube a partir das 15h. 

Serão seguidos os protocolos determinados pelo Minas Consciente e pela Prefeitura de Divinópolis, como uso de máscara e distanciamento social. O clube está providenciando um meio de organizar a entrada dentro dos protocolos exigidos. 

Os ingressos para não sócios baixaram em comparação com o evento do Bloco dos Caveiras. Para esse, o valor é R$ 30. Sócios têm acesso livre. 

O próximo bloco será o do Cléo, em data ainda a ser definida.

Outros eventos que o Estrela já têm na programação: anotem na agenda, dia 29 de outubro a volta do Halloween do Estrela na sede urbana; dia 12 de novembro na sede campestre tem Marília Mendonça; na sede Campestre, de 16 a 21 de novembro, 1ª Festa Literária do Estrela a “Felies".

Livro da semana 

Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.

Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

Mais do que a trama bem construída e os personagens cativantes, o que torna “O nome do vento” uma obra tão especial – que levou Patrick Rothfuss ao topo da lista de mais vendidos do The New York Times – é sua capacidade de encantar leitores de todas as idades. Indicação da @boutiquedolivro 

 

Cláudio Guadalupe imortalizado na cadeira n° 2 da ADL

Concorrendo com a também escritora Patrícia. Foi uma eleição concorrida.

 

Cláudio Guadalupe, além de ser um educador do ensino fundamental, coordenador do Projeto de Educação de Jovens e Adultos ‒ com o qual ganharam o prêmio PAULO FREIRE em Belém do Pará ‒, e no ensino universitário da Universidade de Itaúna, é um ativista cultural de Divinópolis desde a década de 1980.

Compositor e letrista, ganhou o I Festival de Canção do Centro Oeste de Minas com a música “Seis e meia” e desde 2016,  gravou 2 CDs independentes - “HERÓI DAS RUAS” e o “MUITO HUMANO”, com a participação de vários artistas da cidade.

Na literatura, iniciou sua caminhada com a poesia em 2019, ganhando concursos em São João del-Rei, Lagoa da Prata, Divinópolis e no estado da Bahia, em Feira de Santana.  Foram escolhidos três poemas seus a serem publicados em Sabará, no projeto Pão e Poesia. 

Lançou o primeiro livro, “CANTOS DE MEU TEMPO”, em 2019, na Boutique do Livro, e em 2021, seu segundo livro de poemas, “POESIA HEREDITÁRIA”, com poemas comprometidos com a realidade sociocultural do país.

É integrante e fundador do Coletivo ARTEFERIA, em Divinópolis, que reúne 16 novos escritores que fazem a poesia de rua, com intervenções culturais, saraus e que produzem um fanzine que publica, a cada dois meses, os poemas do coletivo.

 

Tem pauta sobre a cultura? Envie para welbertonha@gmail.com

Welber Tonhá e Silva 

Historiador, escritor, pesquisador, fotógrafo e fazedor cultural.

Instagram: @welbertonha

 

Comentários
×