Liderança & motivação

 

O psicólogo americano Frederick Herzberg chamou os fatores ligados ao ambiente de trabalho de higiênicos, porque são externos às pessoas  (condições nas quais se desenvolve o trabalho): estilo de gerência, relacionamentos, ambiente físico, remuneração, benefício, políticas da empresa. Se esses fatores forem desagradáveis, diminui-se o interesse pelo trabalho. Há também os fatores que Herzberg denominou de motivacionais. São aqueles que dependem da necessidade que temos de desenvolver nosso potencial humano – de crescermos como pessoas – para a conquista de mais liberdade, criatividade e de participação em projetos inovadores. Tudo isso para obtermos mais reconhecimento.

Portanto, um líder sintonizado é aquele guiado por uma orientação interna que o leva a sentir o ambiente com uma sensibilidade maior e a agir com rapidez. Enfim, o verdadeiro líder adota uma postura pró-ativa. Para motivar sua equipe é fundamental que preste atenção em dois fatores: no ambiente de trabalho e na motivação.   

Dependendo do empenho da liderança, o ambiente de trabalho pode se tornar uma fonte de inspiração para os colaboradores. Mas isso só acontecerá se a liderança cuidar tanto dos fatores higiênicos (habilidade de liderar, qualidade da comunicação interna, local de trabalho, salários e benefícios) quanto dos motivacionais (ambiente  desafiador que estimula o crescimento humano –oportunidades de autossuperação).

A satisfação com o trabalho vai depender, portanto, do conteúdo das tarefas e do potencial estimulante ou desafiador do cargo. Mas pode ocorrer que, mesmo assim, o colaborador se desestimule se o líder não antecipar a necessidade de se trabalhar em ambiente organizado, limpo e agradável, onde seja cultivado um bom relacionamento com os colegas e com a gerência. Portanto, é importante que o líder entenda que, mesmo oferecendo um conteúdo motivador para a sua equipe, seus colaboradores podem se desmotivar devido a fatores externos (higiênicos). 

Por si só, esses fatores externos não são capazes de motivar, mas podem – e isso ocorre com frequência – desmotivar as pessoas. A precariedade das condições de trabalho pode ser altamente desestimulante, mesmo que as tarefas sejam interessantes.

Portanto, é importante que o líder mantenha o foco tanto nas necessidades internas quanto externas de sua equipe.  Deve haver um fluxo de motivação tanto do líder quanto da equipe.

wowsouki@yahoo.com.br

 

 

 

Comentários
×