Liberado dinheiro para obras em diversas ruas da cidade; R$ milhões foram autorizados ano passado

Da Redação

Depois de três anos de muitas dificuldades financeiras enfrentadas pela Prefeitura, finalmente, anuncia obras esperadas pela população de Divinópolis. A primeira delas é liberação de R$ 15 milhões para a pavimentação, recapeamento e drenagem pluvial em várias ruas da cidade. Os recursos fazem parte de empréstimo autorizado pela Câmara Municipal no final do ano passado. Somente agora, com a liberação do Tesouro Nacional, em Brasília, é que o repasse do dinheiro foi liberado.

— Este R$ 15 milhões são do Banco do Brasil (BB) e teremos mais R$ 25 milhões que serão liberados pela Caixa Econômica Federal (CEF). Ao todo, serão R$ 40 milhões de reais em infraestrutura — revelou o prefeito Galileu Machado (MDB).

Segundo ele, a assinatura do contrato com a agência bancária irá acontecer já na próxima semana.

— Uma vez assinado, iniciaremos imediatamente as obras. Para adiantar esse processo, já realizamos a licitação. Em poucos dias, Divinópolis irá se tornar um canteiro de obras — comemora o prefeito.

Vias beneficiadas

A ruas que irão receber as melhorias já estão definidas e constam do processo licitatório. São elas: as ruas e Embaúbas, Vicente Valério, 21 de Abril (da Sergipe até a rua do Contorno),  Mendes Mourão, Cambuquira, Professor Francisco Dias, Guaraci, Tiradentes, Iraque, Rinaldo Passos, Ibirité e Guapé. Também estão previstas obras de recapeamento no bairro Icaraí e nas ruas do Cobre e Bronze, estas no bairro Niterói. Nos bairros Nossa Senhora das Graças e Tietê, será feito o recapeamento da linha de transporte coletivo. E ainda será feito o calçamento em várias vias de Buritis e no acesso ao Complexo Getsemani.

Sobre a rua Ibirité, no Bom Pastor, Galileu Machado garante que a comemoração é dupla.

— Além dessa melhoria importante, tivemos uma participação fundamental na construção da trincheira ligando o Alvorada ao Nossa Senhora da Conceição e Serra Verde. Logo no início do mandato, estivemos em Belo Horizonte para solicitar agilidade nas obras do anel rodoviário e essa trincheira fazia parte dela — ressalta.

De acordo com o prefeito, obras que dependiam de autorização federal para serem executadas também já estão em fase final de liberação.

— Esperamos ainda para junho, mês de aniversário de Divinópolis, a confirmação da pavimentação dos bairros São Simão, Grajaú, Terra Azul e Costa Azul, além da construção de 24 apartamentos para famílias do Alto São Vicente — elenca Galileu.

Viaduto

Ainda dentro das previsões de obras deve ser iniciada no início do segundo semestre o encabeçamento do viaduto do Complexo da Ferradura, que vai ligar a MG-050 e o Distrito Industrial à rodovia que liga Divinópolis a Carmo do Cajuru. O processo licitatório está em fase final. Esta obra faz parte do projeto do contorno rodoviário de Divinópolis. Da estrada de Cajuru será possível ter acesso à BR-494, graças a ponte que será construída próximo ao bairro Quinta das Palmeiras, próximo ao Aeroporto Brigadeiro Cabral. Os recursos para a nova ponte estão previstos nos R$ 25 milhões contratados junto à CEF.

O Centro de Referência em Assistência Social (Cras), do bairro Jardinópolis, e a colocação de 1400 braços de iluminação pública espalhados pela cidade também fazem parte do pacote.

 

Comentários
×