Lançada 15ª edição do Prato da Casa

 

Jorge Guimarães

A noite da última terça-feira, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), foi de se deliciar com vários sabores durante o lançamento do circuito cultural e gastronômico Prato da Casa, evento que promove o turismo regional. Em clima de boteco, o organizador, Gustavo Bicalho, recebeu a imprensa e os 12 estabelecimentos participantes desta edição comemorativa dos 15 anos do projeto. Na oportunidade, os bares e restaurantes apresentaram seus pratos participantes.

Tema

Segundo o idealizador, Gustavo Bicalho, o Prato da Casa tem a valorização dos pequenos produtores como uma de suas bandeiras.

— Já passamos pela classe da agricultura familiar, valorizamos as plantas alimentícias não convencionais e, em 2019, com o tema “Pequenos Produtores, Grandes Sabores”, o festival espera valorizar os pequenos fornecedores de produtos alimentícios como linguiças, defumados, doces, pequenos agricultores etc. — disse Gustavo.

Iguarias

De acordo com o organizador do evento, há um esforço pelo “raiz”, não tendo como objetivo se tornar um festival da “alta gastronomia”.

— Somos um movimento pela valorização da comida de raiz, pela desgourmetização, pela simplicidade e pela busca dos sabores que nos remetem aos tempos antigos em que cozinhar era saber dosar alho, sal, cebola e fogo — detalha.

Público

Para 2019, mais de 70 mil botequeiros são esperados nos 30 dias de circuito pelos bares. Supermercados, açougues, varejões, hortas rurais e outros possíveis fornecedores são poucos em Divinópolis para atender à grande demanda dos bares participantes.

São mais de dez mil pratos e mil garrafas comercializadas durante o circuito. Uma maratona botequeira que gera emprego e renda a um dos setores que mais cresce em Divinópolis e no Brasil: o da alimentação. A expectativa é que essa edição gere mais de três mil empregos diretos e indiretos.

Início

O festival gastronômico tem seu início no Mercado Municipal neste sábado, 29, quando a comitiva do PDC visita aos bares Bistrô Passaporte, Bar e Restaurante do Marcelo, Massa in Casa, e Silva Culinária e Cerveja.

— A maior expectativa é atender as mais diversas culturas gastronômicas de uma sociedade que vive em torno de nossa cidade e frequenta o festival, seja nos bares, durante o circuito, ou na grande festa de encerramento, que este ano será no dia 3 de agosto, no Parque da Divinaexpo — fala Bicalho.

Cidades

Segundo levantamento, nos três últimos anos do Prato da Casa, as cidades que mais frequentam Divinópolis durante o evento são: Nova Serrana, Carmo do Cajuru, Cláudio, Itaúna, Bom Despacho, Pitangui, Formiga, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste, Lagoa da Prata e Santo Antônio do Monte. Nos últimos anos, Belo Horizonte tem sido um dos municípios com maior número de visitantes na festa de encerramento. Isso sem contar com o público divinopolitano, que sempre apoiou o evento desde sua primeira edição.

Programação

Depois deste sábado, a caravana de degustadores, juntamente com o público, passa pelos seguintes estabelecimentos: Toizinho e Pepê, Show Bar, Bar do Juninho, Churraquinho do Fio, Saidera, Cia do Espetto, Kid Bacon, Night Beer, Sofrência do Boi, Paiol Urbano, Villa Madalena e, fechando o circuito, Roberto da Sopa. Já no dia 3 de agosto, a partir das 11h, no Parque da Divinaexpo, acontece a festa de encerramento. 

 

Comentários
×