Kaboja reata com Galileu e volta a ser líder na Câmara

 

Ricardo Welbert 

Depois de ceder à pressão durante a discussão sobre o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e renunciar ao posto de líder do governo Galileu Machado (MDB) no fim do ano passado, o vereador Rodrigo Kaboja (PSD) anunciou ontem o retorno à defesa do prefeito na Câmara.

Segundo Kaboja, a recondução ocorre por convite de Galileu. Quando saiu, o vereador disse que não se sentia à vontade e que por isso precisava ser honesto.

— Muita pressão. Vou fazer meu trabalho, cuidar da minha região, sem problemas com ninguém. Esta legislatura está uma baixaria — disse ele, à época.

Após receber o que chama de “manifestações espontâneas”, Kaboja se diz pronto para voltar a defender a apreciação de textos de interesse do governo. Uma delas, que ele não citou, é o reajuste imobiliário.

— Temos muitas matérias importantes para votar neste ano e precisamos criar condições favoráveis de governabilidade política e administrativa ao prefeito — afirma.

 

 

 

Comentários
×