Juvenil do Guarani é goleado pelo Cruzeiro

 

José Carlos de Oliveira  

Em seu último compromisso, antes de entrar de férias, o time Juvenil (categoria Sub-17) do Guarani fez jogo-treino na manhã de ontem em Belo Horizonte, na Toca da Raposa I, contra o Cruzeiro. 

O duelo no centro de treinamentos das equipes de base, teve vitória dos garotos da Raposa, por 7 tentos a 3. Agora, os jogadores do Bugre entram de férias e só retornam aos treinamentos no início de janeiro.  

Novos reforços  

A diretoria continua trabalhando para a montagem do elenco profissional para a disputa do Módulo II, do Campeonato Mineiro de 2018. O técnico Gian Rodrigues se mantém em contato permanente com o presidente Vinicius Morais e com o gerente de futebol, Renato Montak e, aos poucos, dão forma ao que pretendem para a próxima temporada. 

A estreia do Guarani no Mineiro está marcada para o dia 17 de fevereiro, num sábado, contra o Ipatinga, no Ipatingão, no Vale do Aço. O início dos trabalhos no Farião está marcado para a primeira semana de janeiro, precisamente dia 2. 

Foram confirmados ontem os nomes de mais dois jogadores já acertados com o Bugre para 2018. São eles, o atacante Diego Silva e o lateral esquerdo Neto. 

 Diego Silva   

O jovem atacante Diego Silva volta ao Farião. O atleta divinopolitano deu seus primeiros passos no futebol jogando na escolinha do Palmeiras, do bairro Afonso Pena. Também passou pelas equipes de base da AMDH, de Belo Horizonte, e pelo Palmeiras, de São Paulo.  

Ele teve oportunidades no elenco profissional do Guarani este ano, atuando em três partidas do Módulo II. Como ainda possui idade de júnior, Diego foi encaminhado pelo Bugre ao parceiro Atlhetic, da cidade de São João Del Rei, para disputa do Campeonato Mineiro Sub-20. O atleta ainda jogou o Hexagonal da competição pelo Villa Nova, de Nova Lima, marcando 5 gols pelas duas equipes. 

 Neto   

O lateral esquerdo Neto é mais um que chega. Apesar da pouca idade, 23 anos, o atleta tem experiência em competições de acesso. 

Relevado pelo Americano de Campos, Rio de Janeiro, jogou pelo clube a divisão de acesso carioca nos anos de 2014 e 2015. Em 2017 disputou o Módulo II do Mineiro pelo Social, de Coronel Fabriciano, e depois a Segunda Divisão carioca, pelo Carapebus.  

 

Comentários
×