Justiça afirma que certidões são dispensáveis e Galileu está no páreo pela Prefeitura

Da Redação

O atual prefeito, Galileu Machado (MDB), está oficialmente na disputa pela reeleição. O Ministério Público Eleitoral (MPE) havia solicitado a impugnação do chefe do Executivo por, supostamente, não ter apresentado certidão criminal da Justiça Estadual de 2º grau e certidão de objeto e pé atualizada. A Justiça, porém, alegou que, segundo a legislação, é "desnecessário a apresentação de duas certidões". Assim, não há motivo para inelegibilidade de Galileu.

— As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade — decidiu o juiz Francisco de Assis Corrêa.

Até esta quarta-feira, 14, sete das noves candidaturas a prefeito de Divinópolis receberam parecer positivo para disputar a eleição deste ano. Apenas Fabiano Tolentino (CDN) e Professora Maria Helena (PT) aguardam julgamento.

Comentários
×