Jovem ameaça filha e estupra a mãe

 

Da Redação

Um rapaz de 22 anos foi preso na tarde de ontem, 20, em Divinópolis, suspeito de cometer um estupro.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), as denúncias que chegaram à corporação revelam que o crime foi praticado contra uma mulher de 29 anos e ocorreu na noite desta segunda-feira, 19, na zona rural do município.

A PM, que tinha dados preliminares do suspeito passados pela vítima, o identificou em rastreamento na região do bairro Belvedere, no Sudoeste da cidade. Levado para a delegacia, onde a PM ainda finalizava o boletim de ocorrência no fechamento desta matéria, por volta das 19h de ontem.

 A ocorrência

Por volta de 16h, desta segunda-feira, os militares de Cláudio receberam informações de que a mulher moradora do povoado de Sete Lagoas, teria sido estuprada.

Os militares chegaram à residência da vítima e havia ninguém em casa, porém, havia um homem nas proximidades, o qual foi arrolado como testemunha, uma vez que relatou aos militares ser amigo do marido da vítima e que estava ajudando localizar o autor.

Segundo a testemunha, durante as buscas ele e o marido da vítima estiveram na Comunidade do 49, onde localizaram o suspeito, que ao perceber a aproximação deles, partiu para agressão. Então tentaram mobilizá-lo, porém ele conseguiu fugir.

Ainda de acordo com a testemunha, após o fato, a vítima foi com seu marido para Divinópolis em busca de atendimento médico.

 

Diante das informações, foi feito contato com a PM de Divinópolis, que tentou localizar o casal. Posteriormente foi informada de que o casal esteve no plantão da delegacia de Polícia Civil, onde deixou um aparelho de telefone celular, supostamente do suspeito, seguindo posteriormente para um hospital da cidade, onde a vítima foi localizada e confirmou o ocorrido.

A vítima estava bastante abalada e seu marido apresentava hematomas na perna e mão direita, em virtude da luta corporal com o suposto autor.

Segundo a vítima ela se encontrava em sua casa com sua filha de 3 anos dormindo, com a janela do quarto aberta devido ao calor, momento em que ouviu um barulho e quando se deu conta, o autor já estava dentro de sua propriedade,  tentando entrar em sua residência, o qual simulando estar armado  fez várias ameaças contra a vitima e sua filha.

 

Em seguida, ele pediu um cigarro à vitima e o que ela tivesse de valor em casa para ele levar. Após juntar alguns objetos em uma sacola para entregar ao suspeito, a vítima disse que estava ali tudo que ela tinha de valor e que o autor poderia levar pedindo para que ele não lhes fizesse mal.

Neste momento, o autor disse que havia acabado de sair da cadeia e que era um bandido perigoso, dizendo que na verdade não queria roubar nada, mas queria mesmo era ficar com a vítima que se recusou.  Ele então, pegou uma faca e ameaçou a filha da vítima, dizendo que se ela não ficasse com ele, mataria sua filha.

Diante da ameaça a vítima pediu a sua filha que fosse para outro quarto e, em seguida, o autor a estuprou.

Suspeito

A PM então começou a procurar o suspeito desde segunda-feira, levantaram informações sobre o possível autor, sendo que por volta de 16h de ontem, lograram êxito na localização e prisão do acusado de 22 anos, que tem passagem por tráfico de drogas.

Bom Despacho

Em Bom Despacho, outro crime da mesma natureza foi cometido. A Polícia Militar prendeu na segunda-feira, 19, um homem de 45 anos de idade, suspeito de estuprar suas três enteadas, duas de 13 anos e uma de 10 anos.

Militares realizaram buscas em várias regiões da cidade na tentativa de localizar o suspeito, que é natural de Bom Jesus, no Rio Grande do Norte.

Durante levantamentos realizados pela Inteligência de Segurança Pública da Polícia Militar, surgiu a informação de que o autor dos abusos teria fugido ao saber que estava sendo procurado pela polícia. Ele se escondeu em um sítio na zona rural da cidade e posteriormente iria fugir para o Nordeste.

Os militares elaboraram um plano de ação e desencadearam uma operação que resultou na localização e abordagem do suspeito. Ele estava escondido em um cômodo de um sítio no chacreamento Dona Clara, em Bom Despacho.

A ocorrência foi acompanhada por uma conselheira tutelar e também pela diretora da escola onde as menores estudam.

As vítimas foram encaminhadas para atendimento médico. Segundo uma das menores, os abusos ocorriam há mais de dois anos.

O homem foi preso e conduzido até a delegacia de Polícia Civil, juntamente com mais de R$ 3 mil encontrados com ele.

Idosa

Em João Pinheiro, região Noroeste de Minas, outro caso chocou a população da cidade. Uma idosa de 90 anos foi estuprada na noite do último sábado 17, dia do seu aniversário. Ela só conseguiu chamar a polícia na manhã de domingo.

O crime teria ocorrido por volta das 22h, na pensão em que ela é proprietária, depois que familiares que comemoravam com ela, foram embora. O suspeito que invadiu seu quarto é do sexo masculino e tem aproximadamente 50 anos.

Segundo informações da PM, ele ainda a agrediu com socos e enforcamento.

Ainda de acordo com militares, o local ficou com marcas de sangue. A vítima foi encaminhada ao hospital e o suspeito, por enquanto, não foi encontrado.

 

Comentários
×