Jornada do Patrimônio em Divinópolis promove sabores culinários

 

Da Redação

Divinópolis participa da 7ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, cujo tema deste ano é “Culinária e patrimônio”. Entre outros eventos, debates e palestras sobre sabores e saberes da culinária do Centro-Oeste estão previstos.

A promoção é do Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho (Cemud/Uemg) e da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), com apoio do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac).

Ao todo, cerca de 500 municípios mineiros de todas as regiões do estado participam do evento, que acontece entre dias 1º e 31 de agosto, mês de celebração do Dia Nacional do Patrimônio Histórico.

A jornada é promovida pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG).

Na edição deste ano, o objetivo é promover ações que tratem de modos de fazer, de receitas, de lugares e de práticas ligadas a alimentação, preparo, particularidades de cada região e patrimônio gastronômico. 

Programação em Divinópolis

19 e 20/08/2019 - Divinópolis culinária e patrimônio cultural: manutenção das tradições e saberes e o desenvolvimento regional. Teatro Gravatá, Alameda Dr. Waldemar Rausch, s/nº, Santa Clara. 

12 a 30/08/2019 - Divinópolis: cultura material, saberes e sabores da culinária do Centro-Oeste mineiro. Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho, Cemud/Uemg, av. Paraná, 3.001, Jardim Belvedere I. 

19 a 23/08/2019 - Divinópolis mostra: cultura alimentar regional. Biblioteca Pública Ataliba Lago, rua 7 de Setembro, 1.160, Centro. 

19/08/2019 - Divinópolis, o reinado e a comensalidade: as tradições do Centro-Oeste mineiro. Teatro Gravatá, Alameda Dr. Waldemar Rausch, s/nº, Santa Clara. 

21/08/2019 - Divinópolis, Sabores e Saberes da Culinária do Centro-Oeste mineiro: memória afetiva e gustativa. Uemg, av. Paraná, 3.001, Jardim Belvedere I.

Edições

Nas últimas edições realizadas, mais de 1,5 mil proponentes promoveram cerca de 3,5 mil ações com diferentes abordagens sobre patrimônio cultural em todo o estado. Com participação de mais de 600 municípios, a iniciativa foi agraciada com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade de 2010, na categoria Divulgação de Patrimônio Cultural.

O prêmio é reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que valoriza ações que se destacam em preservação do patrimônio cultural do país. A participação de Divinópolis na jornada, além de valorizar um dos mais importantes aspectos culturais da cidade e da Região Centro-Oeste, garante ao município pontuação no Programa ICMS Patrimônio Cultural.

Comentários
×