Jóia da base deixa o Guarani e se transfere para Santa Catarina

 

 

José Carlos de Oliveira

 O volante Rodrigo Pacheco, da categoria Sub-14 do alvirrubro, acertou com o Figueirense, de Santa Catarina. O atleta chegou ao Guarani no início deste ano e ganhou destaque nacional durante a disputa de um torneio no interior de São Paulo.

O gol que marcou na Copa Tupã, num lindo lance em que carregou a bola desde a intermediária, foi destaque nas redes sociais e chamou a atenção de portais esportivos por todo o Brasil.

Rodrigo foi observado pelo coordenador do clube catarinense André Martins quando esteve de visita a Divinópolis em julho. O atleta foi convidado para um período de testes no clube catarinense.

Ele seguiu para Santa Catarina no meio do ano, foi incorporado às equipes de base do Figueirense e na semana passada retornou a Minas Gerais, já como atleta do time catarinense na disputa da Copa Brasileirinho Internacional Sub-14.

 Luan Silva 

Florianópolis também é o destino de Luan Silva. O atacante, que foi para Botafogo do Rio de Janeiro após disputar a Taça BH, em 2015, pelo Guarani, acertou sua ida para o Avaí.

Como ainda tinha seis meses de contrato a cumprir com clube carioca, o atacante acertou amigavelmente o rompimento do acordo para assinar com o Avaí, até dezembro de 2019.

Comunicado pelo clube carioca, o Guarani contactou os dirigentes do Avaí e o clube catarinense foi solícito em manter o acordo anterior, que dá ao Bugre de Divinópolis 20% dos direitos econômicos do atleta, em caso de uma negociação no futuro.

 Conselho técnico 

O Guarani conhece na semana que vem detalhes da disputa do Módulo I do Campeonato Mineiro 2019. O Conselho Técnico, com a presença de representantes dos doze clubes da elite do futebol mineiro, foi marcado pela FMF para a tarde de terça-feira, 23, às 14h, na sede da entidade, à rua Piauí, 1977, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte.

Participarão do encontro dirigentes dos grandes clube de Belo Horizonte – América, Atlético e Cruzeiro –, além dos times que disputaram o torneio este ano – Boa Esporte (Varginha), Caldense (Poços de Caldas), CAP Patrocinense, Tombense (Tombos), Tupi (Juiz de Fora), URT (Patos de Minas) e Villa Nova (Nova Lima), juntamente com os representantes de Guarani e Tupynambás de Juiz de Fora, campeão e vice do Módulo II este ano.

 

Comentários
×