Itaú vence licitação da folha de pagamento da Prefeitura de Divinópolis

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis, o Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Divinópolis (Diviprev), a Câmara Municipal de Divinópolis e a Empresa Municipal de Obras Públicas (Emop) realizaram nesta quarta-feira, 2, licitação para escolha do banco oficial para o processamento e gerenciamento de créditos provenientes da folha de pagamento dos servidores municipais.

Após uma sessão pública de licitação de quase três horas, em que Caixa Econômica Federal, Banco Bradesco e Banco Itaú Unibanco deram mais de 460 lances, foi declarado como vencedor, pelo valor de R$ 12.350.000,00 o Itaú Unibanco S/A.

O banco vencedor terá o direito em caráter de exclusividade pelos próximos cinco anos de realizar a prestação de serviços bancários de processamento e gerenciamento de créditos provenientes da folha de pagamento dos servidores municipais, além da permissão de uso de espaço físico para a instalação de posto de atendimento bancário no Centro Administrativo da Prefeitura de Divinópolis, e de caixas eletrônicos nos órgãos envolvidos na licitação.

O processo foi conduzido pela Secretaria Municipal de Administração, Orçamento, Informação, Ciência e Tecnologia (Semad), sob supervisão do diretor de Orçamento, Thiago Nunes.

— Trata-se de momento histórico para o Município, que, apesar de todas as dificuldades econômicas que o nosso país vivencia, ocasionadas pela pandemia de covid-19, diante da alta credibilidade que o Município de Divinópolis dispõe junto às instituições financeiras, conseguiu garantir aos cofres públicos a receita de R$ 12.350.000,00. O valor arrecadado é superior a 40% ao que inicialmente a Prefeitura esperava arrecadar, garantindo um ágil na operação de quase R$ 4 milhões — disse a Prefeitura.

A partir do próximo ano, os servidores e aposentados da Prefeitura de Divinópolis, do Diviprev, da Câmara Municipal de Divinópolis e da Emop passam a receber seus salários e aposentadorias por meio do Itaú Unibanco, que já foi o banco oficial entre os anos de 2011 e 2015.

Comentários
×