Itapecerica apresenta o melhor da culinária mineira

Matheus Augusto

A cidade de Itapecerica promove nos dias 21, 22 e 23 deste mês o Festival de Gastronomia Rural. Em sua 13ª edição, o evento contará com apresentações musicais e de dança, palestras sobre culinária, e barracas com tradicionais comidas mineiras. No próximo mês, entre os dias 14 e 21, Itapecerica também realiza o Festival de Inverno que, neste ano, completa 25 anos.

Ao Agora, o prefeito de Itapecerica, Wirley Reis, explicou que o festival é uma celebração da culinária rural.

 — O Festival de Gastronomia Rural tem início no dia 21 de junho. São três dias de evento. Uma grande cozinha será montada na área Central da cidade, na praça do Coreto. As delícias das fazendas mineiras e das cozinhas da roça de Itapecerica estarão na praça para que todos possam degustar e sentir o tempero das nossas grandes cozinheiras — destacou Wirley.

Economia

De acordo com o prefeito, os festivais são fundamentais para movimentar a economia local.

— A gastronomia hoje é uma grande vertente turística, muito importante para o município atrair e gerar emprego e renda para a população de Itapecerica. Todas as pessoas que participam do festival são itapecericanos, residem na cidade. Então, o dinheiro que ali circula vai ficar em nosso município. É um festival importante, não só culturalmente, mas também gastronomicamente.

Ainda sobre economia, Wirley destaca que o investimento em turismo é primordial. Além disso, segundo ele, tão importante quanto à realização dos festivais, é garantir um boa estrutura para receber os turistas.

— Os eventos de Itapecerica atraem muitos turistas, mas precisamos também dotar a cidade de infraestrutura turística. Precisamos de investimento do setor privado, porque a rede hoteleira é pequena. (...) Mas ainda precisamos de mais investimentos nos nossos pontos turísticos, dotá-los de infraestrutura e também os nossos eventos, para melhorar a cada dia e para que Itapecerica possa ser conhecida como uma cidade de festivais e se reafirmar, ainda mais, como polo da cultura do Centro-Oeste de Minas — disse o prefeito.

Cultura

Além de emprego e renda para a cidade, o evento também é uma forma de valorizar a cultura local.

— Uma verdadeira cozinha a céu aberto. Esperamos receber muitos turistas durante esses três dias, com várias e belíssimas apresentações culturais de artistas itapecericanos e artistas regionais. A moda de viola, a música caipira estará presente nesses três dias de evento também — destacou Wirley.

Tradicional

Durante os três dias, os moradores da cidade e os visitantes poderão, não apenas provar comidas tradicionais, como também aprender a fazê-las. 

— Comida de avó, comida de mãe, a receita passada de gerações em gerações. Isso vai estar em Itapecerica. Mais de 40 barracas, com muitas iguarias deliciosas, como o chouriço de porco, a linguiça caipira, o bolinho de fubá, angu com carne desfiada; a quitandeira fazendo seu biscoito, seu pão de queijo no forno a lenha; chefs renomados de cozinha do estado e também de Itapecerica dando aulas culinárias na praça totalmente gratuitas para aquelas pessoas que quiserem aprender as receitas que vão ser ensinadas — ressalta.

Wirley também destaca que essa é uma oportunidade de valorizar a gastronomia “raiz”.

— Um dos maiores festivais do estado de Minas Gerais, nessa vertente da gastronomia rural, da comida feita na roça, do frango criado no terreiro, do porco criado no chiqueiro. Aquele verdadeiro sentido, verdadeiro paladar, da arte de se cozinhar, mas com as referências da zona rural de Itapecerica.

A programação completa dos três dias de evento está disponível em: https://www.facebook.com/FestivaldeGastronomiaRural.

Comentários
×