Irmãos desaparecidos são encontrados amarrados e com marcas de facadas

Suspeita é de que eles tenham sido mortos no dia do sumiço, último sábado 22; eles podem ter sido vítimas de roubo seguido de morte

Da Redação

Os vendedores divinopolitanos, Evanildo Carlos de Sousa, 40, e Ronei Adriano de Sousa, 43, foram encontrados mortos na região rural de Caçapava, em São Paulo. Os irmãos estavam desaparecidos desde o dia 22 deste mês, quando a família conseguiu fazer o último contato. A promessa é que eles voltariam antes do Natal.

Investigações

Após a denúncia na Delegacia da Polícia Civil, em Divinópolis, policiais de Caçapava iniciaram as buscas na região onde câmaras de segurança viram os dois pela última vez. Um helicóptero ajudou nas buscas.

Os corpos de Evanildo e Ronei foram encontrados na madrugada desta sexta-feira, 28. Segundo os investigadores, o crime aconteceu no mesmo dia do desaparecimento. Ambos foram encontrados amarrados e com marcas de facadas.

A polícia trabalha com a hipótese dos irmãos terem sidos atraídos para uma armadilha. Os dois foram a Caçapava (SP) para realizar a entrega de mercadorias e receber o pagamento. Cinco pessoas são suspeitas: um adolescente de 17 anos, uma mulher e mais três homens. Os autores do crime teriam informações de que Evanildo e Ronei andavam com dinheiro no carro.

Comentários
×