Irmão de Cleitinho

Preto no Branco 

Irmão de Cleitinho

A família do Varejão Azevedo deve entrar com tudo mesmo na vida pública a julgar pelo que se ouve nos bastidores políticos. Depois de surpreender com votações expressivas se elegendo vereador e deputado estadual, Cleitinho Azevedo deve ter a companhia de seus dois irmãos na política. O mais velho, Eduardo Azevedo, já revelou disposição para se candidatar a vereador e, nas redes sociais, aparece cada vez mais em eventos populares, esportivos e postando vídeos bem ao estilo “Cleitinho de ser”. Já tem gente dizendo: um pouco, dois é bom, mas três...

Se precisar...

Como muitos sabem, Cleitinho tem um irmão gêmeo, Gleidson Azevedo. Recentemente, postagens deles juntos aumentaram a especulação de que Cleitinho pode apoiar a candidatura dele a prefeito de Divinópolis. É comum as postagens terem uma mensagem emblemática: “Se precisar, eu me multiplico!”. Para um bom entendedor...

A prefeito?

Cleitinho Azevedo candidato a prefeito também não é descartado por completo. Todos os cenários estão sendo avaliados. No entanto, estrategistas políticos próximos temem que uma eventual eleição a chefe do Executivo poderia dificultar uma futura candidatura dele ao Senado, aproveitando sua popularidade nas redes sociais. Também não é para tanto, pelo menos por enquanto.

Novo sem candidato

Ao contrário do que se esperava, aproveitando o grande aceite de Romeu Zema na cidade, o partido Novo, em Divinópolis, não conseguiu viabilizar condições para disputar a eleição a prefeito. A legenda divulgou a lista das oito cidades onde terá candidato ao maior cargo municipal: Belo Horizonte, Contagem, Uberaba, Uberlândia, Patos de Minas, Poços de Caldas, Juiz de Fora e Araxá, cidade natal do governador, principal nome da legenda no Estado. Para variar, Divinópolis ficou de fora.

Zema não veio

Pelo que tudo indica, Divinópolis não receberá a visita do governador Zema neste primeiro ano de seu mandato. Quando o governador disse que só poderia vir à cidade se fosse numa rápida visita, foi “educadamente” sugerido, pelo deputado Domingos Sávio (PSDB), um dos articuladores da vinda de Zema, remarcar a sua agenda para que, quando vier, tenha tempo suficiente para conhecer o “elefante branco” (até agora) que é a obra inacabada do Hospital Regional Divino Espírito Santo e outras prometidas e inacabadas na cidade. Mas, pelo visto, ele optou por outras prioridades.

Onde há fumaça...

Há poucos dias, a vereadora Janete Aparecida, uma das maiores apoiadoras políticas do ex-deputado federal Jaime Martins (PSD), anunciou que aderiu ao grupo político de Cleitinho Azevedo. Enquanto isso, Geraldinho Martins, irmão de Jaiminho, colocou seu nome novamente como candidato a prefeito. Jaime Martins ocupa atualmente o cargo chefe do Escritório de Representação do Estado de Minas Gerais em Brasília. Analisando esta engrenagem, Janete pode ter percebido a redução do seu espaço e pulou do barco. Dando a entender que, da família Martins, realmente sairá um candidato a prefeito no próximo ano.

Bruce impressionou

Um deles pode ser Bruce Martins. Por que não?  Vale lembrar que, por pouco, ele não se elegeu a deputado federal na última eleição. Centrado, deixou excelente impressão ao discursar no evento de inauguração da sede própria da Academia Divinopolitana de Letras (ADL), representando o pai. O imóvel, no bairro Esplanada, ao lado da praça onde fica a Maria Fumaça – Praça dos Ferroviários –, foi viabilizado para a ADL através da atuação  exatamente do então deputado federal Jaiminho Martins junto ao Patrimônio da União e ao prefeito Galileu Machado (MDB). A presença, elegância e fala inteligente de Bruce, com certeza, abriram novas especulações na política municipal para 2020.

 

Comentários
×