Intervalo Cultural está de volta

 Jorge Guimarães

Os lápis já estão apontados. O violão e a guitarra afinados. Os livros e os cadernos estão sobre a mesa. Os temas atuais serão postos em debate. Atenção para a chamada.

A banda PODgiz está com tudo pronto para começar os seus trabalhos dentro das escolas e, este ano, com uma grande meta que é visitar 20 unidade de ensino de Divinópolis e região.

Aula show

Munidos com um material didático sublime, que é a música, os professores Rogério Bond, Eduardo Maia, Pedro Vasconcelos, Alfredo Gontijo e Guilherme Ribeiro levam para as escolas uma “aula-show”, na qual as canções viram protagonistas do aprendizado.

— Acreditamos muito na ideia de um projeto musical dentro das escolas. Queremos levá-lo ao maior número possível de escolas de Divinópolis e região.  Novos colegas, amigos, infinitas possibilidades de parcerias e o mais bacana que é estar num grupo que pode estar junto ao longo da vida — afirma o professor Rogério Bond. 

Acreditar

E com as expectativas, sonhos, cadernos, lápis e música, todos juntos dentro da mochila, os mestres também sentem o inevitável frio na barriga. E assim como os alunos, os professores também vivenciam essa ansiedade nos primeiros encontros.

— Enfim, acreditamos de verdade que nesses “tempos modernos”, com uma galerinha gente fina, elegante e sincera, com habilidades para dizer mais sim do que não, que acredita nas várias formas de amor, a educação tem que ser prioridade para um Brasil melhor — fala Bond.

Intervalo Cultural

Já o professor Eduardo Maia detalha a oportunidade colocar em pratica um monte de ideias para alinhar a teoria a pratica. 

— O projeto tem proporcionado para nós, professores e músicos da banda, a possibilidade de aplicarmos um monte de ideias e alinharmos a teoria com a prática. Ler Paulo Freire e compactuar com suas ideias a respeito da Educação fez e faz toda a diferença no desenvolvimento do projeto — define o professor.

Apresentação  

Na próxima sexta-feira, 8, o Projeto visita o colégio Cecri. Duas outras instituições já estão na fila para receber o Intervalo Cultural, são elas: Escola Estaduais São Vicente e Antônio Belarmino Gomes, que em breve terão as datas definidas.

Segundo os envolvidos, a responsabilidade social implica a noção de que uma empresa não tem apenas como objetivo o lucro. Patrocínio

Empresas interessadas em apoiar o projeto podem entrar em contato pelo telefone (37) 98815-9118 para agendar uma conversa ou simplesmente para tomar um café.

Comentários
×