Internet não perdoa e enterro de CPI contra cabides de cargos em Divinópolis vira memes

Ricardo Welbert 

Após a Câmara de Divinópolis negar o pedido feito pelo vereador Edson Sousa (PMDB) de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar indícios de favorecimentos na oferta de empregos no Legislativo e no Executivo, internautas não perderam tempo e produziram memes.

No Facebook e no WhatsApp, o grupo “Ação Política Divinópolis” publicou duas montagem com as listas dos vereadores que foram “a favor das boquinhas” e dos que “votaram com o povo”.

Votaram contra a CPI: Adair Otaviano (PMDB), Kaboja (PSL), Marcos Vinícius (Pros), Renato Ferreira (PSDB), Roger Viegas (Pros), Josafá Anderson (PPS), Nêgo do Buriti (PEN), Eduardo Print Júnior (SDD),
Ademir Silva (PSD) e César Tarzan (PP)
Votaram a favor da CPI: Sargento Elton (PEN), Dr. Delano (PMDB), Cleitinho Azevedo (PPS), Edson Sousa (PMDB), Nonato (PDT), Janete Aparecida (PSD) e Zé Luiz da Farmácia (PMN)

Procurada pelo Agora, a autora das montagens e administradora do grupo, Sillian Castro, disse que mais de 56 mil pessoas já visualizaram as duas imagens só nesta sexta-feira, 11.

— As pessoas precisam saber que a política nos norteia e começar a se interessar por ela. As pessoas precisam ser politizadas na linguagem que entendem, com verdade. Hoje a rede social nos ajuda nessa tarefa. Nós, que já entendemos como funciona funciona a máquina, precisamos mostrar de forma simples e direta o que está acontecendo — explica. 

Produzir conteúdos que ironizam ou satirizam as atitudes de alguns políticos específico muitas vezes é interpretado como um ataque partidário ou pessoal. 

— Em momento algum estamos contra alguém, mas sim contra as ações de homens públicos que vão de encontro ao povo. Continuaremos fiscalizando dessa forma. Os políticos precisam saber que a sociedade está de olho, para que votem com responsabilidade. Ou eles mudam a forma de fazer política ou perderão, e muito — acrescenta. 

Tetas

Ainda no grupo de WhatsApp circulou uma charge que mostra um homem orientando pessoas a se posicionarem debaixo de grandes tetas, dizendo aos mais velhos  que fiquem à direita e os mais novos, à esquerda.

Trata-se de uma referência a uma afirmação feita por Kaboja (PSL) durante a votação. O líder do governo lembrou que a atual legislatura é formada em maioria por vereadores de primeiro mandato. A insinuação de que os mais novos não sabem votar foi rechaçada por novatos como Janete Aparecida (PSD) e Zé Luiz da Farmácia (PMN).

Entenda a votação

Por 9 votos a 7, o relatório da Comissão de Justiça, Legislação e Redação, que foi contrário ao projeto, foi aprovado.

Votaram contra a criação da CPI: Nêgo do Buritis (PEN), Kaboja, Renato Ferreira (PSDB), César Tarzan (PP), Ademir Silva (PSD), Marcos Vinícius (Pros), Eduardo Print Júnior (SDD), Roger Viegas (Pros) e Josafá Anderson (PPS). 

— A verdade vai aparecer hoje ou amanhã. Consciência comprada é uma coisa. Dá nojo. Dá vergonha. Dá vergonha. Um pedido de CPI negado. Fazer o quê? Já escutei gente aqui na Câmara dizer que vota do jeito que o prefeito manda que vote. Vamos continuar o circo. Vamos continuar o teatro — disse Edson após a votação. 

Saiba mais

O que disse cada vereador durante a votação
Pedido para investigar cargos da Câmara é protocolado no MP

 

Comentários
×