Instituto Helena Antipoff reforça terapia ocupacional

Dois profissionais foram contratados

Da Redação
 
O Instituto Helena Antipoff (IHA) reforçou, nesta quinta-feira, seu quadro de funcionários com mais duas contratações: a terapeuta ocupacional Thais Vilela Rabelo e a cozinheira Shirlei Aparecida Pereira em Divinópolis. As novas integrações fazem parte do compromisso da diretoria em oferecer um atendimento completo e qualificado às pessoas com deficiência intelectual, múltipla e com transtorno do espectro autista, e suas famílias.
 
Na terapia ocupacional, Thais reforça os atendimentos aos assistidos às terças e sextas-feiras, no período da tarde. O objetivo é ampliar o número de beneficiados e oferecer às famílias um horário alternativo de consultas.
 
A terapia ocupacional tem como objetivo a prevenção, o tratamento e a reabilitação de assistidos com disfunções físicas, sensoriais, mentais, emocionais, temporárias ou definitivas, que limitam sua inclusão social. Através das atividades, é estimulado o desenvolvimento das habilidades conforme cada faixa-etária, reduzindo os déficits de aprendizagem. Os assistidos também ganham autonomia e independência para fazer tarefas cotidianas.
 
Os exercícios variam de idade para idade, mas envolvem quebra-cabeça, massinha, pintura, desenhos, reconhecimento de cores e formas geométricas, texturas e outras brincadeiras lúdicas.
 
Conforme destacou o presidente do IHA, Juliano Vilela, reforçar o setor era uma demanda atual.
 
— A terapia ocupacional é um setor muito importante dentro do nosso atendimento multidisciplinar. Por meio do trabalho das terapeutas, o Instituto consegue incentivar bebês e crianças a brincar, aprender e eliminar o atraso do desenvolvimento, evitando situações de exclusão social — destacou o presidente.
 
Comentários
×