Instituto de promoção de investimentos visita Divinópolis

Prefeito e secretário acompanharam encontro e apresentaram empresas locais

Da Redação

Representantes do Instituto Integrado de Desenvolvimento Econômico (Indi) estiveram em Divinópolis nesta segunda-feira, 23. O diretor do Indi, João Paulo Braga, foi recebido pelo prefeito, Gleidson Azevedo (PSC), que apresentou “o potencial econômico da cidade e visitou quatro empresas, acompanhando uma comitiva”, como informou, em nota, o Executivo. 

A visita foi acompanhada pelo diretor de atração de investimento do Indi, Adriano Carvalho; o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Ângelo Gonçalves; e a diretora da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Graciela Caputo Resende.

Encontro

Aos representantes, Gleidson destacou o potencial da cidade em vários segmentos. 

— Temos empresas fortes no mercado, que às vezes muitos divinopolitanos não sabem da capacidade. O Indi é um parceiro nosso e vamos caminhar juntos para atrair novos investimentos para a cidade e estimular os negócios — destacou o prefeito.

A visita passou por empresas do setor de confecções, alimentícios, têxtil e de farmacêuticos.

— A comitiva finalizou a visita na Cruz de Todos os Povos. O monumento caminha para se tornar um enorme potencial de turismo religioso do país. A cruz terá 74 metros de altura e somente Divinópolis no Brasil terá o monumento. Também foram construídas no México e Líbano — detalhou a Prefeitura.

Ao fim do encontro, o diretor do Indi reforçou o objetivo de conhecer as empresas locais.

— Viemos nos apresentar para as empresas da cidade e dizer que estamos à disposição para auxiliar em qualquer situação para desenvolver a cidade. Conhecemos grandes empresas com referência nos setores. Estamos estreitando os laços — afirmou João Paulo Braga.

Ele também citou a importância das oportunidades de qualificação técnica na cidade como potencial de atração. 

— As grandes empresas podem vir para os municípios, e Divinópolis, líder regional em qualidade da mão de obra, faculdades e escolas técnicas, deve ser protagonista na atração de investimentos. Essa é a visão do Estado, e a parceria voltará a pôr a cidade no caminho de grandes investimentos, simplificando o ambiente para rápido desenvolvimento empresarial e criação de emprego — defendeu.

Já o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Angelo Gonçalves, explicou a importância da visita.

— Divinópolis pode atrair novos negócios porque tem economia diversa. A parceria com o Indi é um esforço de médio e longo prazo com ações que gerarão resultados para os negócios locais. O apoio do instituto ao município ajudará a atrair empresas ao mapear oportunidades regionais para atender os empreendimentos melhor, oferecer suporte de instalação e identificar a potencialidade das empresas — citou.

Fiemg

Durante a visita, os representantes do Indi também compareceram à sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) Regional Centro-Oeste, em Divinópolis, onde foram recebidos pelo presidente Eduardo Soares.

— Dentre os assuntos tratados, Eduardo Soares enfatizou a necessidade de investimentos em infraestrutura e energia, com destaque para a implementação do gasoduto passando por Divinópolis e maior alocação de recursos para construção e modernização de parques industriais — explicou a Fiemg.

Ainda de acordo com o comunicado, o diretor-presidente da Indi, João Paulo Braga, “Divinópolis tem potencial para assumir o protagonismo na atração de novas empresas e isso só será uma realidade se houver infraestrutura”. Ele ainda se comprometeu a acompanhar a Fiemg e a Prefeitura nos alinhamentos quanto às demandas apresentadas, em especial quanto à Cemig e Gasmig. 

De acordo com o líder regional da Fiemg, a união entre entidades de classe e o poder público, por meio do Indi e de representantes do Executivo, é essencial para a retomada do desenvolvimento. 

— Entendemos que é hora de união. Essa visita de representantes do Indi à Divinópolis e à Fiemg demonstra que estamos unindo forças, buscando estratégias para fortalecer nossas indústrias e promover o desenvolvimento — afirmou o líder empresarial.

Participaram da reunião o diretor-presidente do Indi, João Paulo Braga; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Angelo Gonçalves; e a diretora da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Graciela Caputo Resende.

História

Fundado em 1968, a Indi foi a primeira agência de promoção de investimento do Brasil, servindo de modelo para a criação de instituições similares no Brasil. A agência é vinculada à Secretaria de Estado Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede) e mantida pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). A missão é desenvolver o estado atraindo investimentos, apoiando as empresas instaladas e promovendo as exportações.

 

Comentários
×