Inhotim restringe visitação a vacinados contra febre amarela

Da Redação

A partir da próxima quarta-feira, 24, a visitação no Inhotim, um dos mais importantes centros de arte contemporânea do mundo, localizado em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, só poderá ser feita por pessoas que já receberam a vacina contra a febre amarela. A medida foi anunciada nesta quinta-feira, 18, pela assessoria de imprensa do parque.

Os visitantes já estavam recebendo repelentes ao visitar a área verde por causa dos casos da doença que já tinha sido confirmados na cidade no início deste ano. Dentro da unidade não foi identificado nenhum caso da enfermidade.

De acordo com o Inhotim, o cartão de vacinação deve ser apresentado pelos visitantes para comprovar a imunização. A dose terá que ter sido ministrada dez dias antes.

— A medida é mais uma ação preventiva que o instituto adota, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, para conscientizar os visitantes sobre a importância de se vacinar contra a doença. O Inhotim já oferece aos visitantes repelentes, dispostos em locais estratégicos do Museu, como Recepção, Estação Educativa e pontos de alimentação — explicou por meio de um comunicado.

A conferência do cartão de vacinação será realizada no estacionamento do parque.

(Com informações do "Estado de Minas")

Comentários
×