Ingerir líquido durante as refeições faz mal?

 

Da Redação 

Afinal, beber água, suco, refrigerante ou qualquer outro líquido durante as refeições “faz mal”? Uns dizem que engorda, outros que aumenta a barriga. Mas é verdade?

Nathalia Pizato, professora do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília (UnB), explica a questão.

– Nosso estômago consegue dilatar até um litro e meio. Quanto mais a gente come, mais ele dilata. E quanto mais rápido eu como, menor o tempo que o cérebro tem para entender e processar que estou colocando alimento no estômago. Por isso que pedimos para as pessoas fazerem as refeições com calma. E o líquido interfere nisso também. Se em uma refeição eu tomo um copo de suco de 500ml, o estômago recebe o volume da comida mais esse meio litro de líquido – explica Nathalia.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, beber líquidos durante as refeições é mais um hábito social do que propriamente uma necessidade. Além disso, outros hábitos importantes auxiliam o processo de digestão, entre eles a mastigação lenta. Esse ato pode ser atrapalhado quando se utiliza algum líquido para “empurrar” a comida.

Além de dilatar o estômago, a informação que vai para o cérebro é de que o volume de alimento no estômago é maior. Ainda segundo o ministério, o líquido é absorvido rapidamente e, pouco tempo depois das refeições, o cérebro pode identificar que a pessoa precisa de mais alimentos. Portanto, a chance comer mais da próxima vez será grande.

Quantidade moderada

 Se a comida for ingerida em quantidade moderada, juntamente com até um copo americano de líquido, o estômago não vai se dilatar tanto e o organismo desempenhará as funções da digestão corretamente, desde a saciedade adequada até a absorção dos nutrientes.

Segundo Nathalia Pizato, a pessoa pode, sim, beber algo durante as refeições, mas tem de ter em mente que o excesso pode ser prejudicial para a digestão.

– O ideal é que a pessoa seja comedida na quantidade de líquido, assim como é com a comida. Não é legal fazer uma refeição com meio litro de suco, por exemplo. Algo entre 100ml e 200ml não vai gerar problema – ensina a professora. Além disso, se o indivíduo for ingerir algum líquido, é sempre melhor optar pela água.

É recomendável, segundo o ministério, evitar refrigerantes e sucos processados, que são bebidas com uma quantidade muito grande de açúcar. Os sucos naturais de frutas podem ser consumidos sem ou com pouco açúcar e é recomendado não adoçá-los.

 

Comentários
×