Infraero é a nova gestora aeroporto Brigadeiro Cabral

Jorge Guimarães

A Prefeitura de Divinópolis e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) assinaram, ontem, 10, o contrato de gestão e operação do Brigadeiro Cabral. A cerimônia, no saguão central do terminal de passageiros do aeroporto, contou com as presenças do diretor de Negócios Comerciais da Infraero, Thiago Pereira Pedroso, do prefeito Galileu Machado (MDB), do deputado Domingos Sávio (PSDB), prefeitos, vereadores, secretários municipais, entre outros.

A gestão e operação será de um ano, prorrogável por mais 60 meses.  Assim, desde ontem a Infraero administra o espaço.  

Experiência

Com 46 anos de experiência, a Infraero será responsável por várias ações, incluindo os serviços Agentes de Proteção de Aviação Civil (Apac), fiscalização das áreas do terminal de passageiros, bem como da pista de pousos e decolagens, pátio e taxiways durante o atendimento de embarques e desembarques de passageiros. Já à Prefeitura caberão os serviços de limpeza e conservação, vigilância e manutenção, bem como, os serviços de água, luz e telefonia e demais investimentos necessários. 

O contrato também prevê o atendimento de até três voos semanais, com a participação de cinco empregados, três APACs e dois fiscais de pátio devidamente habilitados, conforme regulação vigente para a execução dos serviços. Além disso, estipula o horário de funcionamento do terminal das 8h às 18h.

O terminal de passageiros do Brigadeiro Cabral conta com 220 m², já o pátio de aeronaves dispõe de 21 mil m². A pista de pousos e decolagens conta com 1.540 m x 30 m; a taxiway A tem 150 m x 22,5 m, e a taxiway B com 220 m x 22,5 m.

Voos suspensos

O Brigadeiro Cabral está com os voos da Azul Linhas Aéreas suspensos desde março de 2018, quando a Socicam, empresa que administrava o local, deixou a gerência da área.

A reportagem, em contato com a assessoria da Azul Linhas Aéreas, foi informada por meio de nota de que “assim que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) der a liberação do aeroporto, a empresa inicia os preparativos para a retomada, num prazo de 60 dias, dos voos comerciais na cidade”.

Comentários
×