Indústrias puxam emprego em Divinópolis

 

 

Pablo Santos 

Das 189 vagas criadas de emprego na cidade em agosto, 107 foram da indústria da transformação. As empresas da área química farmacêutica, confecção e metalurgia influenciaram o resultado positivo, de acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Conforme os números divulgados ontem pelo MTE, das 107 vagas criadas, a indústria química de produtos farmacêuticos, veterinários e perfumaria foi responsável por 57 contrataçõess em Divinópolis no mês passado.  No ano, o setor abriu 198 chances. No município existem 65 empresas do segmento empregando 1.356 trabalhadores.

Também em agosto, o 2º segmento da indústria da transformação a gerar mais empregos é a confecção. De acordo com os dados do MTE, foram criadas na cidade, 47 oportunidades de postos de trabalho foram criados no mês passado.  No segmento, já foram abertas no acumulado do ano, 156 vagas de trabalho. De acordo com os dados, a cidade registra 890 empresas formais do setor empregando 3.929 funcionários.

O 3º setor com maior volume de vagas criadas com carteira assinada na cidade foi a metalurgia. No mês passado, o segmento abriu 15 contratações e, no ano, são 148 postos de trabalho criados. De acordo com o MTE, existem 246 vagas empregando 3.474 trabalhadores.

Depois das 107 vagas criadas pela indústria no município, aparece o setor serviços com 46 e agropecuária com 30. Construção e comércio ficaram com quatro contratações cada.

Região, MG e Brasil 

Os números do Ministério do Trabalho revelam que 365 contratações foram criadas na indústria da transformação na região de Divinópolis composto por 11 cidades.  Em Minas Gerais, foram abertos 1,8 mil postos de trabalho e, no Brasil, 15,7 mil vagas criadas, de acordo com os dados do órgão do governo federal.

No Brasil, a indústria de transformação registrou alta de emprego nos ramos alimentício, de bebida, químico, mecânico, madeireiro, dentre outros. Por outro lado, foram apresentadas quedas no número de admissões da indústria de borracha e fumo, na de vestuário e têxtil.

 

 

Comentários
×