Indicadores pioram e Divinópolis volta a ficar perto da onda vermelha

Cenário é delicado tanto na Macro quanto na Micro

Da Redação

Apesar de sonhar com o avanço para onda verde do programa estadual Minas Consciente, Divinópolis piorou sua pontuação. Na atualização desta semana, a Macrorregião Oeste, que estava com 13 pontos, passou para 18; já a Micro, saiu de 15 para 17. Conforme o protocolo, com 20 ou mais pontos, a classificação passa a ser onda vermelha.

O cenário é similar em boa parte de Minas Gerais: das 14 Macrorregiões de Minas, oito estão na onda vermelha; as demais, estão na amarela.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), na última semana, o número de casos da doença aumentou 4,5%, enquanto o número de óbitos cresceu 5,1% no mesmo período.

De acordo com o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, mesmo com o início da vacinação, os cidadãos devem prezar pelos cuidados básicos contra a infecção.

— É importante destacar que, como a campanha de imunização ainda está em curso e a gente ainda tem uma quantidade menor de vacinas, os cuidados sigam sendo adotados, com uso de máscaras e higienização para que, depois que haja uma imunização mais significativa, possamos olhar para a pandemia de uma outra forma. Neste momento precisamos ainda de toda cautela — pontuou Cabral.

Comentários
×