Incerteza do 13º salário não abala confiança da CDL

Da Redação

Nem mesmo a incerteza do pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal e estadual desanima a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis. Tanto os servidores da Prefeitura, quanto do Governo do Estado ainda não têm previsão de quando receberão o benefício, mas, de acordo com a CDL, a expectativa é que as vendas de fim de ano aumentem 41%, em comparação com o ano passado.

Segundo uma pesquisa feita em todas as capitais pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil, mais brasileiros vão utilizar o 13º salário neste ano para adquirir presentes. Conforme apontado pelo levantamento, em 2018, 23% dos trabalhadores gastaram o benefício com presentes. Já neste ano, a expectativa é que o número salte para 32%.

De acordo com a CDL Divinópolis, o comércio local acompanha o movimento nacional e caminha no mesmo ritmo. Segundo a entidade, para movimentar ainda mais as compras de fim de ano, foi organizada a campanha “Divino Natal CDL Divinópolis”, que já está ajudando a promover o comércio neste período. Ainda conforme informou a CDL, a campanha conta com a participação de cerca de 100 lojistas, e vários prêmios serão sorteados.

O diretor da CDL Divinópolis, Luiz Ângelo Gonçalves, garantiu que, apesar da possibilidade de atrasos no pagamento do 13º salário dos servidores municipais e estaduais, a expectativa do comércio para as compras de Natal é grande, e a esperança é de que os resultados sejam tão bons quanto os apresentados na Black Friday.

— Com o pagamento do benefício dos servidores municipal e estadual, em tempo hábil para as compras de fim de ano, o impacto será, certamente, ainda mais positivo. Esperamos que os governos municipal e estadual consigam honrar seus compromissos com os servidores a tempo das compras de Natal — reforça.

Estado

De acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), só em Divinópolis são mais de 3,3 mil servidores estaduais ativos – não estão inclusos policiais militares e bombeiros – e mais de 2,6 mil aposentados, ou seja, quase 6 mil funcionários estaduais à espera do pagamento do benefício. A Seplag informou ainda, por meio de nota, que a folha do 13º salário ainda não foi fechada, mas que a do salário referente a outubro foi de R$ 2.887.154.931,71, sem encargos patronais.

Apesar de os deputados estaduais terem aprovado na última semana o projeto de lei que permite ao governador Romeu Zema (Novo) obter cerca de R$ 5 bilhões para quitar o 13º e acabar temporariamente com o parcelamento dos salários dos servidores, a data do pagamento ainda não foi divulgada, pois, segundo o governador, o processo depende agora dos bancos.

Prefeitura

Já a Prefeitura de Divinópolis possui mais de cinco mil funcionários, e a folha de pagamento dos servidores gira em torno de R$ 19 milhões. Ainda não há previsão para a liquidação do benefício também, e o salário de parte dos funcionários segue parcelado.

 

Comentários
×