Incêndios a ônibus já atingem a região Centro-Oeste

 

Gisele Souto

 Em meio a uma onda de ataques a ônibus em Minas Gerais, bandidos atearam fogo a veículos em duas cidades da região Centro-Oeste: Lagoa da Prata e Luz.

O primeiro ataque ocorreu no domingo, 3, por volta das 21h, no bairro Maria Helena, em Lagoa da Prata. Um motorista de 41 anos informou à Polícia Militar (PM) que estava dentro de casa quando percebeu que o ônibus que usa para transportar trabalhadores a uma fábrica de fogos em Santo Antônio do Monte estava em chamas.

Ele disse não saber se o incêndio foi criminoso. Os bombeiros apagaram o incêndio. Porém, quase todo o veículo havia sido consumido. Ninguém se feriu.

 Segundo 

Logo depois desta ocorrência, a PM foi chamada ao bairro Santa Eugênia, onde um homem de 44 anos, gerente operacional de uma empresa de transportes de trabalhadores rurais, disse que estacionou um ônibus Mercedes Benz em frente à empresa. Pouco tempo depois um veículo com três suspeitos parou ao lado.

Um dos ocupantes desceu e ateou fogo no pneu dianteiro direito do ônibus. Populares viram e avisaram à empresa. Os funcionários apagaram o incêndio.

O solicitante e testemunhas não souberam informar características do veículo e dos autores do crime, que fugiram. O incêndio atingiu as casas próximas. A Polícia Civil investiga.

 Em Luz 

Já na madrugada desta terça-feira, 5, desta vez em Luz, por volta das 1h30, duas pessoas foram vistas arremessando um objeto que atingiu e incendiou um ônibus. As chamas se alastraram para mais dois ônibus e uma retroescavadeira.

Segundo a PM, as causas e motivação dos fatos ainda são apuradas. Até o fechamento desta reportagem, por volta das 17h, ninguém havia sido preso.

Ainda de acordo com a PM, não há informações se os incêndios possuem alguma relação com fatos da mesma natureza que vêm ocorrendo em outras cidades do Estado.

 

 

Comentários
×