Imunização ainda está na 1ª fase

Divinópolis recebeu ontem mais 2.730 vacinas contra a covid-19

Pollyanna Martins 

Os profissionais de saúde de Divinópolis que atuam no enfrentamento à covid-19 e já receberam a primeira dose da Coronavac receberão a segunda dose do imunizante nesta semana. De acordo com a Prefeitura, o Município recebeu ontem mais 2.730 vacinas contra a covid, sendo 2.230 doses da Astrazeneca, e 500 da Coronavac. O Governo do Estado recebeu, na última semana 356,3 mil vacinas, que foram distribuídas aos municípios mineiros pelas 28 Unidades Regionais de Saúde (URS). A distribuição começou ontem e, segundo o Executivo Estadual, essa foi mais uma etapa da maior operação de vacinação da história de Minas Gerais.

Conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a campanha continua focada nos profissionais da saúde. Nesta semana o Município inicia a aplicação da segunda dose da Coronavac nos funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto. Ao todo, devem ser imunizadas 3.629 pessoas, que pertencem à primeira fase da campanha de vacinação. Este é o segundo lote de vacinas contra a covid-19 que Divinópolis recebe. O primeiro lote, com 7.258 imunizantes, chegou à cidade no dia 19 janeiro. Até o momento, o município já recebeu 9.988 vacinas. 

Vacinação 

Ainda de acordo com os dados da Semusa, até ontem, já haviam sido vacinadas 2.966 pessoas em Divinópolis. Além dos profissionais da saúde, a Prefeitura começou a imunização de idosos institucionalizados. Segundo a secretaria, já foram vacinados os idosos das instituições: Obras Assistenciais Frederico Ozanan, Obras Assistenciais Recanto da Digna Idade, SPA da Felicidade, Pousada da Vovó Lilica, Pousada dos Avós Resende, Casa de Repouso para Idosos Inhá Chica, Spa Cuidare Sénior e Doce Idade Residencial para Idosos. O Município imunizou também os idosos que estão na Vila Vicentina, Residência Terapêutica e no Lar dos Idosos. 

De acordo com o secretário municipal de saúde, Alan Rodrigo, a campanha de vacinação continua na fase um, e só avançará para a fase dois após o público prioritário ter recebido a primeira e a segunda dose da vacina. 

— A vacinação continua na fase um, que é voltada para profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos, pessoas acamadas, asiladas, e privadas de liberdade. Só depois que este público alvo receber a primeira e a segunda dose da vacina é que nós vamos passar para a segunda fase da campanha — esclarece. 

 

Comentários
×