Importância do acompanhamento nutricional mesmo antes de engravidar

De repente ocorre um atraso na menstruação e, quando você menos espera: um teste de gravidez positivo, o famoso β-HCG reagente! Após um turbilhão de emoções que permeiam esse momento, vem à sua cabeça a famosa pergunta: como me preparar para a gestação? Contudo, esse questionamento deveria ser feito antes da descoberta da gravidez, considerando que este momento deve ser planejado da melhor forma possível, visando benefícios para mamãe e o futuro bebê.

O importante é que seja feita a pesquisa da saúde da mãe mesmo antes do planejamento de se ter um filho!

Ninguém leva em conta que o estado nutricional da mãe e pai vai, sim, caracterizar aparecimento ou não de doenças precoces ou na vida adulta do filho!

O que a nutricionista pode fazer é consertar o que for possível na saúde de ambos para que a concepção seja feita em um melhor estado nutricional.

Mãe fora do peso já programa um filho com alto peso ao nascer.

Sim, é importante a investigação da saúde da mãe antes de engravidar!

Uso de tratamento intestinal, mesmo se função intestinal normal!

No atual cenário nutricional, verifica-se que o excesso de peso em mulheres na idade reprodutiva representa um dos principais fatores de risco para a gestação, sendo a prevalência de sobrepeso e obesidade entre essas, bem superior aos casos de baixo peso. Por esta razão, recomenda-se a perda de peso, planejada e supervisionada, antes da gestação, visando minimizar possíveis intercorrências clínicas que são mais frequentes nestas, como o diabetes gestacional, tromboembolismo, parto prematuro, entre outros.

Sendo assim é possível adequações dietéticas e suplementação individualizada com consultas regulares e modificações de acordo com intercorrências ao longo dos nove meses

Lembrando que o importante é nutrir o feto e também preservação da saúde da mulher após o parto.

Eu, Hérica Orlandis, tenho como hábito a solicitação de exames trimestrais e adequação dos nutrientes de forma individualizada, de acordo com os resultados, e não indico fórmulas prontas, para que, assim, seja feita a melhor programação genética da criança.

O ganho de peso será programado de acordo com o peso antes da gestação, focando sempre a prevenção de intercorrências gestacionais!

Comentários
×