Importações crescem 8,43% neste ano em Divinópolis

Pablo Santos

 A entrada de produtos estrangeiros em Divinópolis avançou 8,43% no acumulado do ano. Atualmente, a cidade tem 53 importadores. Arroz e tecidos dominam os itens enviados ao município.

Conforme os dados apresentados pela Secretaria de Comércio Exterior, o faturamento com as importações atingiu a cifra de US$ 25,4 milhões. Março foi o mês com maior volume em dólares importados: US$ 2,6 milhões. No mês passado, o faturamento com os itens estrangeiros chegou a US$ 2,1 milhões, de acordo com a Secex.

O arroz é o principal item da pauta de importação. O produto representa 32% do que a cidade importou neste ano, chegando a US$ 8 milhões. Quando se compara com o ano passado, o volume de importações do grão avançou 17%.

 Tecidos de fios de filamento foram o segundo item: 8%, representando em US$ 2 milhões em produtos. No comparativo com 2017, as importações do item avançaram 9,4%.

Já os tecidos de fibras artificiais ficaram na sequência, com 7,2% da pauta. Em valores, foi US$ 1,8 milhão, conforme os dados da Secex.

A China é o principal parceiro comercial de Divinópolis. 50% dos US$ 25,4 milhões importados foram provenientes do país asiático. Já o Paraguai foi responsável por 32% do volume de importação concretizado por Divinópolis neste ano.

As importações, que chegaram a US$ 168,3 bilhões de janeiro a novembro, também superaram o ano de 2017 fechado, cujas compras somaram US$ 150,7 bi.

 Exportações

Os números das exportações também mostram crescimento, mas em menor índice. No acumulado do ano, o faturamento das empresas divinopolitanas somou US$ 183 milhões. Quando se compara com o ano passado, a alta foi de 4,61%, apontou a Secretaria de Comércio Exterior.

A República Dominicana foi o país com maior volume de compras concretizadas de janeiro a novembro. Dos US$ 183 milhões, 40% foram destinados para o país caribenho. O Peru foi o segundo, com 14%, e a Turquia chegou a 13%, apontaram os dados da Secex.

 

Comentários
×